Rússia não facilita, leva para os pênaltis, mas Croácia passa para semi

Francielly Azevedo

A Croácia é a última seleção com vaga garantida na semifinal da Copa do Mundo. Os croatas avançaram na competição ao eliminar a anfitriã Rússia nos pênaltis, em Sochi, neste sábado (7). A partida que era tida como “fácil” para equipe da camisa quadriculada, não foi bem assim. Os russos dificultaram, saíram na frente e já na prorrogação empataram, em 2 a 2, levando o duelo para as penalidades, quando a Croácia foi melhor e venceu por 4 a 3.

No duelo, a Croácia entrou como favorita para levar a vaga. Mas demorou a se encontrar em campo. Foi necessário cerca de 10 minutos para o jogo ganhar a configuração esperada: croatas no ataque e russos na defesa.

Mas foi a Rússia quem abriu o placar, aos 30 minutos. Dzyuba triangulou e passou para Cheryshev na entrada da área. O meia marcou um golaço de perna canhota, colocando a bola na gaveta.

A resposta croata demorou nove minutos. Aos 39, o time desceu rápido com Mandzukic pela esquerda. O centroavante foi até o fundo e cruzou. Kramaric antecipou a marcação e deixou tudo igual.


No segundo tempo, os russos tiveram um apagão e contaram um pouco com a sorte nos minutos iniciais. Perisic até carimbou a trave, mas não conseguiu a virada naquele momento.

O jogo seguiu com a Croácia mais imponente, mas não foi resolvido no tempo regular. Já na prorrogação, aos nove da primeira parte, após escanteio, Vida subiu alto e testou para baixo. Corluka fugiu do desvio e a bola terminou no fundo das redes, deixando os croatas na frente.

Mas nem tudo estava perdido e a Rússia estava viva. Aos nove do segundo tempo, Dzagoev cruzou e Mario Fernandes só teve o trabalho de subir e desviar para levar a decisão para os pênaltis.

Nas penalidades, a Rússia foi a primeira a bater, mas o goleiro Subasic defendeu o chute de Smolov. Na primeira cobrança croata, Brozovic não desperdiçou.

Dzagoev acertou para os russos e Afinfev defendeu o chute de Kovacic. Com tudo igual, Mario Fernandes errou o pênalti para Rússia, mandando para fora.

Após isso, mais quatro pênaltis marcados e convertidos Modric e Vida para os croatas e Ignashevich e Kuzyaev para a Rússia. Mas a vaga não era da anfitriã e, por fim, com Ratikic os croatas garantiram a vaga na semifinal da Copa do Mundo.

A equipe agora enfrenta a Inglaterra na próxima quarta-feira (11), às 15h (de Brasília), em Lujniki.

 

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook