Sai, zica! Brasil bate a Sérvia e avança para as oitavas da Copa do Mundo

Roger Pereira


O jogo era de risco, mas a seleção brasileira mostrou maturidade e tranquilidade e terminou a primeira fase de forma invicta e na liderança do grupo E. Nesta quarta-feira, no encerramento da primeira fase, o Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0 e chegou a 7 pontos em três jogos. A Suíça, que empatou em 2 a 2 com a Costa Rica, foi a segunda classificada do grupo, com 5 pontos.

Os primeiros minutos foram de ansiedade. O Brasil nada criava e a Sérvia já arriscava as primeiras bolas alçadas na área. O clima de tensão aumentou logo aos 9 minutos, quando o Brasil perdeu Marcelo, que sentiu um problema na lombar e teve que ser substituído por Filipe Luís.

Mas o camisa 6 entrou bem, e participou das primeiras boas jogadas de ataque. Numa delas, aos 24′, triangulou com Gabriel Jesus e Neymar, que finalizou cruzado, para grande defesa do goleiro.

A partir desse lance, o Brasil acordou. Aos 28′, Neymar fez belo lançamento para Gabriel Jesus, ele avançou, driblou seu marcador e bateu cruzado, mas a zaga cortou para escanteio.

Aos 35′ Philipe Coutinho acertou um lançamento primoroso para Paulinho, que, pela primeira vez na Copa apareceu como elemento surpresa, furou as linhas de marcação da Sérvia e recebeu na cara gol para tocar por cobertura e abrir o placar.

O Brasil ainda teve mais uma boa chance aos 45′, quando Filipi Luís e Neymar fizeram uma boa trama pela esquerda e o camisa 10 chutou de fora, com perigo.

Atrás no placar e precisando da virada, a Sérvia tentou propor o jogo no segundo tempo, e o Brasil recuou, controlando o jogo no campo defensivo e aguardando para dar o bote no contra-ataque.

A primeira chance da etapa final foi brasileira, em um belo contra-ataque puxado por Coutinho, que enfiou para Neymar no comando de ataque. O camisa 10 bateu cruzado, mas o goleiro defendeu com os pés.

Os minutos seguinte, no entanto, foram de sufoco. A Sérvia tomou conta do meio de campo e passou a pressionar. Dos 15 aos 19 minutos, a Sérvia criou quatro boas chances. A mais perigosa foi justamente a última. Na primeira vez que conseguiu cabecear sozinho, Mitrovic quase empatou, mas Alisson fez firme defesa.

Para reforçar a marcação, Tite colocou Fernandinho no lugar de Paulinho, e esfriou as investidas sérvias.

E o segundo gol brasileiro veio justamente na principal jogada dos adversários. Em escanteio pela esquerda, Neymar cobrou fechado, Thiago Silva se antecipou à marcação e fez o gol que deu tranquilidade ao Brasil.

Depois do segundo gol, a seleção ficou dona da partida, controlou o jogo, ficou com a posse de bola e não correu mais riscos. Ainda teve algumas chances de ampliar com Neymar (que apesar de não marcar, fez sua melhor partida, jogando pela equipe, sem simular faltas e sem reclamar com a arbitragem).

Agora, é mata-mata, o Brasil encara o México, pelas oitavas de final, na segunda-feira, às 11h.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="532908" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]