Santos, Lodi e Gabigol: Tite elogia as novidades da convocação da seleção

Vinicius Cordeiro

athletico seleção santos convocação gabigol renan lodi

Cinco nomes foram os grandes destaques da convocação da seleção brasileira desta sexta-feira (20). O goleiro Santos, do Athletico-PR, o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol, do Flamengo, o meia Matheus Henrique e atacante Everton,  do Grêmio, e o lateral esquerdo Renan Lodi, do Atlético de Madrid, foram chamados por Tite.

Eles farão parte do grupo que enfrenta os amistosos contra Nigéria e Senegal. O lado ruim é que todos, assim como Weverton, do Palmeiras, e Everton ‘Cebolinha’, serão desfalques dos seus clubes durante o Campeonato Brasileiro.

A questão de logística após essa convocação da seleção é um dos principais problemas. Os jogos, marcados para os dias 10 e 13 de outubro, serão realizados em Singapura. Ou seja, alguns jogadores ainda podem ficar sobrecarregados pelas viagens.

“Quero ter o máximo de bom senso. Eu quero ser ético e educado, não sendo politicamente correto. Tinha torcedor do Flamengo que olhava para mim na entrada do estádio e falam ‘pô, Gabigol’. Aí daqui a pouco o cara olha pra mim e diz ‘Gabriel não’ por causa disso. Quero premiar quem merece”, disse Tite sobre o assunto.

A solução é fazer que o Brasileirão pare durante as datas FIFA. “Teremos que lidar esses problemas ainda esse ano”, disse Juninho Paulista, diretor da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Veja o que Tite falou sobre os destaques da convocação:

SANTOS

“Ele é um goleiro seguro, discreto e que joga muito bem com os pés. Fora outras virtudes e informações que tivemos
rodrigo caio vem recuperando um padrão altíssimo”.

RENAN LODI

“Estava na iminência de ser convocado. Esse amadurecimento do atleta para chegar na seleção principal. Tem virtudes técnicas e físicas de um grande atleta”.

renan lodi
Divulgação / Atlético de Madrid

MATHEUS HENRIQUE

“Matheus está em uma linha de futebol que gostamos muito. Fica um prêmio a uma virtude de trabalho que ele tem no Grêmio”.

GABIGOL

“Gabigol fez por si só. A campanha dele nesse ano o credenciou”.

Previous ArticleNext Article