Santos vence Grêmio com gols de Marinho e entra na zona de Libertadores

Jorge de Sousa

Santos vence Grêmio com gols de Marinho e entra na zona de Libertadores

O Santos venceu o Grêmio por 2 a 1 na tarde deste domingo (11) e voltou a entrar na zona de classificação para a Copa Libertadores da América.

Marinho (duas vezes) para o Santos e Diego Souza para o Grêmio marcaram os gols da partida.

O duelo foi realizado na Vila Belmiro, em Santos, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixa o Santos com 24 pontos, apenas um abaixo do Internacional, atual quarto colocado. Já o Grêmio fica estacionado na 11ª posição com 17 pontos, apenas dois acima da zona de rebaixamento.

As duas equipes voltam a campo nesta quarta-feira (14), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Grêmio recebe o Botafogo na Arena do Grêmio, às 19h15, enquanto o Santos joga na Vila Belmiro, às 20h30.

MARINHO + PÊNALTI = VITÓRIA DO SANTOS

O Santos mostrou seu poderio ofensivo logo aos dois minutos. Marinho lançou Pará na direita e o lateral cruzou na cabeça de Arthur Gomes, mas o atacante desperdiçou a chance na pequena área.

Vanderlei fez grande defesa aos 13 minutos. Luan Peres lançou para a entrada da área, Kaio Jorge pegou a bola e mandou firme no canto direito para o goleiro espalmar.

Aos 17 minutos, Kaio Jorge foi lançado na direita e tentou o cruzamento. A bola explodiu no braço aberto de Paulo Miranda e o árbitro Braulio da Silva Machado assinalou a penalidade.

Marinho pediu a bola e bateu de cavadinha no meio do gol, enquanto Vanderlei caiu para o lado direito.

A primeira chance de perigo do Grêmio saiu apenas aos 31 minutos. Robinho cruzou da direita e Diego Souza se antecipou no primeiro poste, cabeceando no poste esquerdo.

A resposta do Santos veio aos 33 minutos. Kaio Jorge rolou para a batida de Jean Mota na entrada da área e o meia chutou colocado na trave direita de Vanderlei.

João Paulo salvou o Santos aos 35 minutos. Lucas Silva encheu o pé em batida da entrada da área o goleiro se esticou para defender a bola no canto esquerdo.

Diego Pituca quase marcou um golaço no minuto seguinte. Marinho cruzou da direita e o volante tentou a finalização de letra, mas Paulo Miranda conseguiu desviar o remate para evitar o gol.

Marinho quase fez o segundo gol na partida aos cinco minutos. Jean Mota é lançado na esquerda e cruza rasteiro para o atacante bater de primeira no poste direito.

O Grêmio reclamou de uma penalidade não marcada aos 19 minutos. Orejuela cruzou da direita e a bola bateu em Felipe Jonatana. Na revisão do VAR, não foi constatado toque na mão do lateral santista.

Diego Souza empatou o jogo aos 27 minutos. Pepê foi lançado na lateral da área e rolou para a chegada de Diego Souza na meia-lua, com o atacante batendo colocado no canto direito.

Só que aos 30 minutos, Marinho foi travado por David Braz na área. Na revisão do VAR, Braulio da Silva Machado viu infração do zagueiro do Grêmio e marcou a penalidade.

Novamente Marinho foi para a cobrança da penalidade e bateu firme no canto esquerdo, sendo que Vanderlei mais uma vez apostou em pular no lado direito.

Vanderlei evitou um placar maior para o Santos. Aos 37 minutos, Marinho fez bela jogada pela direita e cruzou rasteiro para Madson chegar batendo no segundo poste, mas o goleiro conseguiu espalmar na linha de gol.

No minuto seguinte, Lucas Veríssimo ganhou pelo alto na disputa de escanteio e cabeceou firme para o chão. Só que Vanderlei apareceu novamente para fazer a defesa em cima da linha.

O Santos reclamou de um lance envolvendo Rodrigues e Marinho aos 47 minutos. O atacante recebeu uma solada do zagueiro e na revisão no VAR, Braulio da Silva Machado manteve a marcação de campo e deu apenas cartão amarelo.

João Paulo garantiu a vitória do Santos no último minuto. Maicon aproveitou rebote na entrada da área e mandou firme no ângulo direito para o goleiro espalmar.

LEIA MAIS: Hamilton vence GP de Eifel e iguala recorde de Michael Schumacher

Previous ArticleNext Article