Santos vence o Vasco por 3 a 1 e coloca mão na vaga

O Santos  bateu o Vasco da Gama (RJ) por 3 a 1 , na Vila Belmiro, em Santos (SP), pelas oitavas de final da Copa do Bras..

Redação - 24 de agosto de 2016, 22:42

O Santos  bateu o Vasco da Gama (RJ) por 3 a 1 , na Vila Belmiro, em Santos (SP), pelas oitavas de final da Copa do Brasil e deu um grande passo para sua classificação.  Os gols foram marcados por Renato, Ricardo Oliveira e Lucas Lima e Eder Luis, no fim da partida, descontou para os vascaínos.

O Santos abriu o placar aos 30 minutos, após cruzamento de Lucas, Renato estava bem posicionado na pequena área e cabeceou sozinho para o fundo das redes. Seis minutos depois, Ricardo Oliveira ampliou o placar. Em cobrança de falta, o capitão do Peixe encobriu a barreira e viu a bola tocar ao travessão antes de morrer no fundo do gol.

Na segunda etapa, o Santos manteve a superioridade e chegou ao terceiro gol com Lucas Lima. Após receber um passe de letra de Renato, o atleta bateu de fora da área e não deu chances de defesa para Martín Silva.

Nos acréscimos, o Vasco ainda chegou a descontar com Eder Luis, mas não havia tempo para reação e o placar se findou em 3 a 1. A partida de volta está marcada para o dia 21 de setembro, às 21h45, em São Januário.

Santos FC 3 x 1 Vasco da Gama

Estádio: Vila Belmiro

Público: 6.130;

Renda: R$ 231.065, 00;

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC/FIFA);

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC/FIFA) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC/FIFA);

Cartões amarelos: Lucas Lima; Madson, Diguinho

Gols: Renato, aos 30 minutos, Ricardo Oliveira, aos 36 min do 1º tempo, e Lucas Lima aos 20 min do 2º tempo. Eder Luis aos 50 minutos do 2º tempo

Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima (Léo Cittadini); Gabriel (Copete), Ricardo Oliveira e Vitor Bueno. Técnico: Dorival Júnior.

Vasco da Gama: Martín Silva; Madson (Evander), Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho, William (Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê (Eder Luis); Éderson e Jorge Henrique. Técnico: Jorginho.