Santos vive sonho nas Olimpíadas e mira vaga na Copa do Mundo

Pedro Melo

Santos goleiro Athletico seleção brasileira Olimpíadas Tóquio

O goleiro Santos é um dos três jogadores acima de 24 anos a representar a seleção brasileira nas Olimpíadas de Tóquio. Em entrevista coletiva, o camisa 1, desfalque do Athletico por até nove partidas, afirmou que vive um sonho em representar o Brasil.

“O Brasileirão começou agora e a gente sabe da dificuldade. O Athletico começou muito bem nos primeiros jogos. Claro que vou sentir falta, sei da importância em representar o clube, mas é um sonho para todos que estão aqui. Espero representar meu clube e meus companheiros da melhor maneira possível. E que na volta possa dar continuidade ao trabalho para alcançar os objetivos”, declarou o goleiro.

O técnico André Jardine teve dificuldades para montar a lista de 22 jogadores e recebeu a negativa de diversos clubes mesmo após a convocação. Porém, a situação com o Athletico foi diferente. O Rubro-Negro liberou Santos e o lateral-esquerdo Abner para a seleção brasileira.

O camisa 1 revelou que o presidente Mario Celso Petraglia autorizou a convocação desde o primeiro momento. “Quando saiu a convocação, eu estava no campo. O presidente, junto com o Paulo Autuori [diretor técnico], conversou comigo e jogou muito limpo. Ele liberou de imediato, não teve questão de negociação. Eles viram a importância que é para o clube e para mim representar o país em uma Olimpíada. Quero agradece-lo por ter essa atitude. Sabemos que cada clube trata de uma forma e não cabe a mim julgar”, disse.

O Brasil estreia nas Olimpíadas de Tóquio no dia 22 contra a Alemanha, às 8h30 (horário de Brasília). A seleção brasileira ainda joga na fase de grupos contra Costa do Marfim, no dia 25, e Arábia Saudita, no dia 28. Os dois melhores da chave avançam para as quartas de final.

SANTOS SONHA COM A COPA DO MUNDO

Em 2019, o goleiro Santos foi convocado para a seleção brasileira principal em três oportunidades, mas não entrou em campo. Com a oportunidade nas Olimpíadas, o jogador do Athletico mantém o sonho de ser chamado pelo técnico Tite para a Copa do Mundo de 2022.

“É algo que está dentro de mim poder brigar por essa vaga. A gente sabe do nível dos goleiros do Brasil, os três na principal [Alisson, Ederson e Weverton] estão em momento muito bom e fazem por merecer tudo que têm vivido lá. abemos do caminho que temos de traçar e das dificuldades que vêm pela frente. Esperamos fazer um bom trabalho, fazer por merecer e, se for da vontade de Deus, tudo estiver preparado, puder “beliscar” uma vaguinha na Copa do Mundo, a gente vai lutar até o final. Se papai do céu abençoar, estamos preparados para isso”, afirmou o camisa 1.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="774497" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]