São Paulo empata com Novorizontino em noite marcada por erros do árbitro

Jorge de Sousa

Brenner - São Paulo - Novorizontino - Campeonato Paulista

Em um jogo com quatro erros de arbitragem contra o São Paulo, o tricolor paulista buscou o empate em 1 a 1 com o Novorizontino na noite desta segunda-feira (3), seguindo como o único time do trio de ferro invicto no Campeonato Paulista.

Flávio Roberto Mineiro Ribeiro comandou o trio de arbitragem que não assinalou dois pênaltis e anulou dois gols por impedimentos inexistentes ao São Paulo.

O duelo válido pela quarta rodada do Paulistão foi realizado no Morumbi, em São Paulo.

Higor Leite marcou o gol do Novorizontino, enquanto Brenner empatou com o São Paulo.

Com o empate, o São Paulo manteve a liderança do Grupo C, com oito pontos ganhos, dois acima da Inter de Limeira e do Mirassol.

Já o Novorizontino ultrapassou o Palmeiras e assumiu a vice-liderança do Grupo B, um ponto atrás do Santo André.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes voltam a campo neste domingo (9) pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

O São Paulo duela no ABCD contra o Santo André, no Bruno José Daniel, às 18h.

Já o Novorizontino recebe o Ituano no Jorge Ismael de Biasi, às 19h.

ARBITRAGEM POLÊMICA

Logo no primeiro minuto, o São Paulo teve um gol mal anulado pelo trio de arbitragem. Tchê Tchê lança Alexandre Pato entre os zagueiros e o atacante tira Oliveira para balançar as redes. Só que o auxiliar levantou a bandeira e assinalou impedimento.

O Novorizontino respondeu aos sete minutos. Danielzinho aproveitou rebote na entrada da área e finalizou para boa defesa de Tiago Volpi.

Aos 12 minutos, novo erro da arbitragem. Alexandre Pato foi lançado nas costas da zaga, fintou Oliveira e mandou para as redes. Novamente foi assinalado impedimento, mas o atacante estava em posição legal. Por reclamação, Fernando Diniz recebeu cartão amarelo no lance.

Boa chance do São Paulo aos 15 minutos. Pablo recebeu cruzamento na marca do pênalti e escorou para grande defesa de Oliveira em cima da linha.

As polêmicas da arbitragem seguiram aos 26 minutos. Vitor Bueno tentou invadir a área e foi derrubado por Felipe Rodrigues na risca lateral da área. A arbitragem mandou seguir o lance, mas o lateral derrubou o meio campista.

Nova chance do São Paulo aos 42 minutos. Hernanes aproveitou bola rebatida na área e finalizou para Felipe Rodrigues salvar em cima da linha.

Ainda deu tempo de Oliveira salvar o Novorizontino mais uma vez. Pablo arriscou da entrada da área e o goleiro fez excelente defesa.

A noite de erros da arbitragem seguiu aos seis minutos do segundo tempo. Após bola rebatida na área, Arboleda finalizou e a bola explodiu no braço de Felipe Rodrigues. O árbitro mandou o lance seguir e não assinalou a penalidade.

Reinaldo quase abriu o placar aos 19 minutos. O lateral arriscou da intermediária e acertou o travessão de Oliveira.

O castigo do Novorizontino chegou aos 25 minutos. Higor Leite recebeu na área e na saída de Tiago Volpi, tirou do goleiro e mandou para o fundo das redes.

O empate do São Paulo quase saiu aos 30 minutos. Reinaldo fez boa jogada pela esquerda e encontrou Vitor Bueno, que finalizou perto do poste direito.

Mas aos 40 minutos, Brenner deixou tudo igual no Morumbi. Vitor Bueno cruzou da esquerda, a zaga não conseguiu afastar e Oliveira errou o corte, deixando o atacante livre para empurrar a bola para o fundo do gol.

Ainda deu tempo de Pablo quase virar o jogo. Aos 50 minutos, Pablo recebeu o cruzamento no segundo poste e tentou mandar de carrinho. A bola passou perto do poste direito.

Previous ArticleNext Article