São Paulo perde do Novorizontino e invencibilidade no Campeonato Paulista

Jorge de Sousa

São Paulo perde do Novorizontino e invencibilidade no Campeonato Paulista

O Novorizontino venceu o São Paulo por 2 a 1 na tarde deste sábado (13) e conquistou a primeira vitória no Campeonato Paulista.

Essa também foi a primeira derrota de Hernán Crespo em quatro jogos como técnico do São Paulo.

Cléo Silva e Guilherme Queiroz marcaram os gols da vitória do Novorizontino e João Rojas balançou as redes pelo São Paulo.

O duelo foi realizado no Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixou o Novorizontino com cinco pontos e na terceira colocação do Grupo C, enquanto o São Paulo segue líder do Grupo B com sete pontos.

Devido a paralisação de jogos de futebol em São Paulo até o dia 30 de março, São Paulo e Novorizontino não sabem quando e contra quem farão seus próximos jogos.

O Campeonato Paulista repete neste ano a fórmula de disputa das edições anteriores, com as 16 equipes divididas em quatro grupos, com os dois melhores colocados avançando para as quartas de final.

FALHA DE REINALDO CUSTA INVENCIBILIDADE DO SÃO PAULO

Logo no primeiro minuto da partida, Danielzinho teve a chance de abrir o placar. Após saída errada da defesa do São Paulo, Cléo Silva serviu o meia na entrada da área, mas a finalização saiu torta, à esquerda da meta.

O São Paulo reclamou de uma penalidade não marcada aos 25 minutos. Após cruzamento da direita, Pablo não alcançou a bola e Danielzinho fez o corte de carrinho. Os jogadores do Tricolor apontaram que a bola bateu no braço do meia, mas após revisão no VAR nada foi assinalado.

Nova jogada perigosa do São Paulo pela direita aos 35 minutos. Dessa vez, Pablo fez o cruzamento rasteiro e Luciano chegou atrasado na finalização de carrinho.

Só que aos 46 minutos, quem abriu o placar foi o Novorizontino. Danielzinho lançou Cléo Silva na área e finalizou cruzado para Tiago Volpi defender, mas o rebote sobrou para Jenison dividir com Bruno Alves e a bola retornar para Cléo apenas empurrar para as redes.

O São Paulo voltou melhor para a segunda com a entrada de João Rojas e logo aos dois minutos ficou perto de empatar o jogo. Daniel Alves bateu escanteio da direita e Bruno Alves carimbou o travessão.

Rojas conseguiu empatar o jogo aos dez minutos. Igor Vinícius cruzou da direita e o equatoriano finalizou de peixinho no canto direito de Giovanni.

O Novorizontino melhorou de rendimento após o gol sofrido. Aos 21 minutos, Jenison recebeu bom cruzamento da direita e testou firme para Tiago Volpi espalmar.

Cléo Silva perdeu boa oportunidade aos 28 minutos. O atacante deu meia-lua em Reinaldo, invadiu a área, mas na hora da finalização, bateu fraco para Volpi defender.

O goleiro do São Paulo teve que trabalhar novamente aos 35 minutos. Guilherme Queiroz arriscou finalização da intermediária e Volpi buscou a defesa no canto esquerdo.

Mas aos 37 minutos, Guilherme Queiroz marcou o gol da vitória do Novorizontino. Reinaldo errou passe no campo de defesa, Guilherme recuperou a posse e bateu rasteiro, com Volpi não conseguindo defender o chute no meio do gol.

Aos 45 minutos, o São Paulo reclamou de outra penalidade não marcada. Luciano foi lançado na área e foi atropelado pelo goleiro Giovanni. Mas tanto a árbitra Edina Batista, quanto o VAR, não viram infração no lance.

LEIA MAIS: Athletico-PR anuncia António Oliveira como técnico para a temporada

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="751038" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]