São Paulo e Palmeiras empatam e confronto segue aberto na Libertadores

Jorge de Sousa

São Paulo e Palmeiras empatam e confronto segue aberto na Libertadores

Palmeiras e São Paulo empataram por 1 a 1 na noite desta terça-feira (10) e mantiveram o confronto pelas quartas de final da Copa Libertadores aberto.

Luan e Patrick de Paula marcaram os gols do duelo realizado no Morumbi, em São Paulo, sem presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O confronto de volta será realizado na próxima terça-feira (17), às 21h30, no Allianz Parque. Empate sem gols, dá a classificação ao Palmeiras, enquanto empate por dois gols ou mais a vaga ao São Paulo. Quem vencer garante o avanço para as semifinais.

Quem avançar nesse confronto irá encarar nas semifinais o vencedor do confronto entre Atlético-MG e River Plate, que começam a duelar nesta quarta-feira (11).

VOLANTES BALANÇAM AS REDES NO EMPATE PELO CHOQUE-REI

Como era esperado, o Choque-Rei começou truncado no Morumbi. A primeira chance de gol saiu apenas aos 14 minutos, quando Daniel Alves fez belo cruzamento da direita e Gabriel Sara completou na área para bela defesa de Weverton.

Nova chance do São Paulo aos 15 minutos. Rigoni bateu falta lateral da esquerda e Pablo resvalou de cabeça para nova intervenção de Weverton no canto direito.

O Palmeiras respondeu aos 20 minutos. Dudu bateu escanteio da esquerda, Luan resvalou de cabeça e Rony não conseguiu completar no segundo poste.

Breno Lopes perdeu chance incrível aos 21 minutos. Dudu roubou bola no meio campo, fintou dois marcadores e encontrou Breno na área, mas o centroavante não chutou e nem rolou para Rony, mandando a bola a esquerda da meta.

O atacante voltou a perder boa oportunidade aos 39 minutos. Novamente Dudu deu bom passe para Breno Lopes, que na tentativa de batida cruzada mandou a bola pelo linho de fundo.

Wesley entrou no lugar de Breno Lopes no intervalo e quase abriu o placar aos sete minutos. O atacante foi lançado na direita, fintou dois marcadores e finalizou cruzado. A bola resvalou em Miranda e passou rente ao travessão.

Só que foi o São Paulo quem abriu o placar aos oito minutos. Rigoni cruzou da esquerda, Luan não conseguiu cortar de cabeça e Rodrigo Nestor ficou com a sobra, finalizando duas vezes para Weverton defender. Mas o rebote ficou com Luan e o volante finalizou no ângulo esquerdo.

Weverton voltou a salvar o Palmeiras aos 22 minutos. Gabriel Sara aproveitou sobra na intermediária e arriscou a finalização de média distância para o goleiro espalmar no canto direito.

O Palmeiras buscou empate aos 28 minutos. Patrick de Paula bateu falta lateral rasteira e Tiago Volpi não conseguiu fazer a defesa no canto esquerdo.

LEIA MAIS: Curitiba Vôlei é confirmado na Superliga, mas ainda busca patrocínio

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782220" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]