São Paulo perde do 4 de Julho e duelo na Copa do Brasil fica aberto

Jorge de Sousa

São Paulo perde do 4 de Julho e duelo na Copa do Brasil fica aberto

O São Paulo foi derrotado de virada por 3 a 2 pelo 4 de Julho na noite desta terça-feira (1º) e com isso o confronto válido pela terceira fase da Copa do Brasil ficou aberto.

Eder (duas vezes) e Orejuela (contra), Gilmar Bahia e Rômulo marcaram os gols da partida realizada no Estádio Albertão, em Teresina, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O duelo de volta será realizado no Morumbi, na próxima terça-feira (8), às 19h.

A Copa do Brasil não prevê o critério do gol qualificado, dessa forma qualquer vitória simples do São Paulo leva a decisão da vaga para as penalidades. Empate ou vitória dá a vaga ao 4 de Julho, enquanto o Tricolor precisa vencer por mais de dois gols para se classificar nos 90 minutos.

A equipe que garantir a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil irá embolsar mais R$ 2,7 milhões em premiação, sendo que o 4 de Julho acumula até o momento R$ 4,2 milhões por ter chego a terceira fase.

ERROS NA BOLA ALTA E DOS ÁRBITROS CUSTAM DERROTA AO SÃO PAULO

Antes mesmo da bola rolar o jogo já ficou quente no Albertão, após um grupo de torcedores invadirem o estádio e serem expulsos do local pela Polícia Militar.

Com a bola rolando, o 4 de Julho conseguiu abrir o placar logo aos oito minutos. Esquerdinha bateu escanteio da direita, Rômulo desviou no primeiro poste, Lucas Perri espalmou para frente e a bola bateu em Orejuela e entrou no gol.

O São Paulo buscou o empate aos 21 minutos. Shaylon deu belo passe para Éder na área e o atacante teve calma para bater firme no canto alto direito.

Éder mostrou oportunismo novamente aos 29 minutos. Wellington fez bela jogada pela direita e cruzou rasteiro para o atacante, que fintou o goleiro e bateu firme para as redes.

Dudu Beberibe perdeu grande chance para empatar aos 42 minutos. Esquerdinha cruzou da direita, Orejuela errou o corte e Dudu bateu cruzado, mas muito desviado a esquerda da meta.

Só que o 4 de Julho seguiu firme no jogo e buscou o empate aos 45 minutos. Mais uma vez Orejuela errou corte na pequena área e a bola sobrou limpa para Gilmar Bahia (em posição irregular) empurrar para as redes.

Jaílson salvou o terceiro gol do São Paulo aos 15 minutos. Hernanes encontrou Éder na área e o atacante bateu cruzado para o goleiro fazer bela defesa.

A bola alta do 4 de Julho voltou a castigar o São Paulo aos 20 minutos. Em cobrança de falta lateral, Rômulo apareceu livre para cabecear, a bola passou por cima de Lucas Perri e foi para as redes.

Galeano teve a bola para empatar o jogo aos minutos. O atacante recebeu lançamento nas costas da zaga, Jaílson saiu mal da meta e Galeano testou por cima do goleiro, mas a bola passou rente ao poste esquerdo.

O São Paulo ainda teve um gol mal anulado aos 47 minutos. Hernanes bateu escanteio da direita, Talles resvalou de cabeça e Galeano empurrou para as redes. Mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante, embora a posição de Galeano fosse legal.

LEIA MAIS: Real Madrid anuncia a volta do técnico Carlo Ancelotti

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="767841" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]