São Paulo perde para o Bahia antes de sequência desafiadora no Brasileiro

Folhapress

São Paulo perde para o Bahia antes de sequência desafiadora no Brasileiro

O São Paulo foi neste domingo (7) a nova vítima da reação do Bahia no Campeonato Brasileiro, que, com um bonito gol de Rossi na Fonte Nova, fez 1 a 0 e completou sete partidas sem perder na competição.

Com o resultado, o time paulista estaciona nos 37 pontos, e o nordestino contabiliza 36.

Para complicar, o São Paulo terá uma sequência desafiadora. Na quarta (10), o time visitará o Fortaleza, às 21h30, na Arena Castelão. A equipe adversária faz boa campanha, é a quinta colocada com 48 pontos, e já eliminou o São Paulo na Copa do Brasil deste ano.

Na sequência, o time do Morumbi receberá o Flamengo, em casa, no domingo (14), às 16h. Depois, visitará o rival Palmeiras numa quarta (17), às 20h30, no Allianz Parque.

Os técnicos Guto Ferreira e Rogério Ceni são responsáveis pela subida de produção de Bahia e São Paulo no Campeonato Brasileiro. O primeiro estreou pelo Bahia no dia 9 de outubro e emplacou sete jogos de invencibilidade até aqui, uma luz na luta do clube baiano contra o rebaixamento.

Desde a reestreia de Ceni, no dia 14, o São Paulo perdeu apenas para Red Bull Bragantino, empatou com Ceará, mas superou Corinthians e Internacional. O time paulista passou a sonhar com a primeira parte da tabela de classificação, mas a derrota deste domingo pode esfriar um pouco os planos.

Além do protagonismo dos treinadores, o tira-teima entre eles dava pitadas de tempero ao confronto. Na temporada de 2020, Rogério Ceni, no comando do Fortaleza, e Guto Ferreira, então no Ceará, se enfrentaram cinco vezes entre torneio estadual, Copa do Nordeste e Brasileiro.

O atual comandante do time paulista ganhou três vezes pelo ex-clube, e o hoje técnico do time baiano levou a melhor sobre a antiga equipe do são-paulino em duas ocasiões, além de ter conduzido também o elenco cearense na vitória sobre o Flamengo de Ceni.

No primeiro tempo deste domingo, o São Paulo teve mais posse de bola, mas o Bahia foi quem criou as melhores chances de gol. Aos 43 minutos, Gilberto cabeceou quase que na pequena área, e Tiago Volpi fez uma linda defesa.

Na etapa final, Ceni apostou em Calleri no lugar de Luciano e Benítez, na vaga de Gabriel Sara. Guto respondeu com Rossi na vaga de Raí e se deu melhor. Aos 31, Rossi fez um golaço em chute colocado.

Na próxima rodada, o Bahia enfrentará o Flamengo, na quinta (11), às 19h, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1×0 SÃO PAULO
Data: 07/11/2021
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Hora: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Daniel da Silva Henrique Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Patrick (Bahia); Rigoni e Liziero (São Paulo)
Gols: Rossi, aos 31′ do 2º tempo (1-0) Cartões amarelos: Patrick (Bahia); Rigoni e Liziero (São Paulo).

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Daniel (Rodriguinho) e Patrick; Raí Nascimento (Rossi), Lucas Mugni (Luizão) e Juninho Capixaba; Gilberto (Rodallega). Técnico: Guto Ferreira.

SÃO PAULO
Tiago Volpi, Arboleda, Miranda e Léo (Rodrigo Nestor); Orejuela (Shaylon), Liziero, Igor Gomes, Gabriel Sara (Benítez) e Reinaldo (Wellington); Luciano (Calleri) e Rigoni. Técnico: Rogério Ceni.

LEIA MAIS: Ídolo do Athletico, Sicupira morre em Curitiba aos 77 anos

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="801886" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]