São Paulo e Santos empatam e seguem na parte baixa do Brasileiro

Jorge de Sousa

São Paulo e Santos empatam e seguem na parte baixa do Brasileiro

São Paulo e Santos empataram em 1 a 1 na noite desta quinta-feira (7) e vão terminar mais uma rodada do Campeonato Brasileiro na parte baixa da tabela.

Carlos Sánchez e Calleri marcaram os gols do Sansão realizado no Morumbi, na capital paulista.

O empate deixou o São Paulo com 29 pontos e seis pontos acima da zona de rebaixamento. Já a situação do Santos é ainda mais complicada, com a equipe apenas um ponto acima do Grêmio.

As duas equipes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro na próxima semana. O Santos recebe o Grêmio, no domingo (10), enquanto o São Paulo viaja para duelar contra o Cuiabá, na segunda-feira (11).

SÃO PAULO CRIA AS MELHORES CHANCES, MAS SANTOS SEGURA EMPATE

O Santos abriu o placar logo aos quatro minutos. Carlos Sánchez recebeu na entrada da área e acertou belo chute no canto esquerdo, com a bola batendo na trave antes de entrar no gol.

O São Paulo tentou responder aos 12 minutos. Wellington cruzou da esquerda, mas antes da finalização de Rigoni a zaga do Santos fez o corte.

Calleri perdeu boa chance para empatar o jogo aos 25 minutos. Rigoni fez boa jogada pela direita e cruzou na medida pata o atacante, mas a finalização saiu torta e João Paulo ficou com a bola.

Aos 30 minutos, Rodrigo Nestor finalizou da entrada da área e a bola explodiu no braço de Vinícius Bailieiro. Após revisão no VAR, Raphael Claus assinalou penalidade para o São Paulo.

Calleri foi para a cobrança e finalizou com categoria no canto esquerdo para empatar o duelo.

O São Paulo quase virou o jogo aos 42 minutos. Rigoni avançou pela faixa central, limpou a marcação e da entrada da área finalizou rente ao poste direito.

Nova chance do São Paulo aos 48 minutos. Rodrigo Nestor finalizou da entrada da área, a bola desviou na marcação e sobrou para Luciano. Mas o centroavante finalizou em cima de Velázquez.

João Paulo evitou a virada do São Paulo aos nove minutos. Rigoni deu belo passe para Luciano na área e o atacante finalizou firme para o goleiro defender.

Igor Gomes ficou perto de virar a partida aos 17 minutos. Wellington cruzou da esquerda, Calleri foi travado na área e o meia emendou de primeira rente ao poste direito.

Tiago Volpi evitou a derrota do São Paulo aos 46 minutos. Gabriel Pirani encontrou Lucas Braga na área e o atacante ajeitou para a batida rasteira de Felipe Jonatan, interceptada por bela defesa de Volpi no canto direito.

LEIA MAIS: França consegue virada histórica, elimina a Bélgica e vai para a final da Nations League

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="795259" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]