São Paulo segura empate com o Racing e segue na liderança do grupo da Libertadores

Pedro Melo

São-paulo-racing-libertadores

O São Paulo empatou com o Racing em 0 a 0, na noite desta quarta-feira (05), em Avellaneda, e segue em primeiro lugar do Grupo E da Libertadores. O Tricolor jogou com um jogador na reta final do segundo tempo após a expulsão do volante William.

Após três partidas, o São Paulo lidera a chave com sete pontos, com duas vitórias e um empate. Como não conquistou o resultado positivo, o time paulista segue com o jejum de nunca ter conquistado três vitórias consecutivas nos primeiros jogos da Libertadores.

Na próxima rodada, o São Paulo joga mais uma fora de casa e enfrenta o Rentistas, no dia 12, às 19h. Antes, o Tricolor disputa a última partida da fase de classificação do Campeonato Paulista contra o Mirassol. Já o Racing viaja até Lima para enfrentar o Sporting Cristal.

SÃO PAULO TEM JOGADOR EXPULSO E EMPATA FORA DE CASA

O primeiro lance de perigo da partida foi do São Paulo aos sete minutos. Reinaldo cruzou para o meio da área, Luciano chutou de primeira e Arias fez uma grande defesa para salvar. Já aos 11, o Racing perdeu uma série de oportunidades em sequência. Depois do levantamento, Piatti ajeitou de cabeça e Novillo acertou a trave. Na sobra, Piatti chutou torto e Sigali, da pequena área, mandou no travessão. A bola ainda quicou em cima da linha e não entrou.

O São Paulo apareceu com perigo novamente aos 27 minutos. Reinaldo fez nova jogada pela esquerda, procurou Pablo na área, mas a bola passou pelo atacante. E aos 40, a grande chance do Tricolor na primeira etapa. Daniel Alves cobrou falta com categoria e acertou o travessão.

Na reta final, Benítez levou um tapa do adversário em uma disputa de bola e houve confusão entre jogadores das equipes.

No segundo tempo, o São Paulo teve duas notícias ruins. Primeiro, Luciano sentiu dores na coxa e precisou ser substituído. Depois, Daniel Alves também teve problema na coxa após sofrer falta de Mena. O meia até tentou voltar para o jogo, mas teve que deixou o campo.

A situação do São Paulo se complicou com a expulsão de Willian aos 34 minutos. O volante tentou chutar a bola em dividida com Cvitanich e recebeu o vermelho direto. Até o final da partida, o Racing pressionou em busca da vitória e só não conseguiu por conta de Tiago Volpi. O goleiro se jogou na bola na hora do chute de Godoy e salvou o time paulista.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="762381" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]