São Paulo empata com Ceará e se complica por vaga direta na Libertadores

Jorge de Sousa

São Paulo empata com Ceará e se complica por vaga direta na Libertadores no Campeonato Brasileiro

São Paulo e Ceará empataram por 1 a 1 na noite desta quarta-feira (10) em resultado que complicou as duas equipes por vagas na Copa Libertadores via Campeonato Brasileiro.

Léo Chú abriu o placar para o Ceará e Luciano empatou para o São Paulo.

O duelo foi realizado no Morumbi, em São Paulo, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O empate deixou o São Paulo com 59 pontos, apenas dois pontos acima do Fluminense e três acima do Grêmio. A briga pela quarta posição do Campeonato Brasileiro vale vaga direta para a Copa Libertadores.

Já o Ceará fica estacionado com 46 pontos e na 12ª colocação, praticamente garantido na próxima Copa Sul-Americana, mas muito distante de uma das vagas para a Copa Libertadores.

As duas equipes voltam a campo na próxima semana. O São Paulo viaja para duelar contra o Grêmio em Porto Alegre, no domingo (14), às 20h30, enquanto o Ceará recebe o Fluminense no Castelão, na segunda-feira (15), às 18h.

SÃO PAULO ESBARROU EM RICHARD EM EMPATE NO MORUMBI

Richard começou a aparecer logo aos três minutos de jogo. Reinaldo tentou o cruzamento da esquerda, a zaga não conseguiu afastar e Luciano bateu cruzado para o goleiro defender.

O goleiro voltou a salvar o Ceará no minuto seguinte. Daniel Alves arrancou pelo meio, invadiu a área e bateu cruzado para Richard espalmar para escanteio.

A pressão do São Paulo seguiu aos seis minutos. Luan recebeu na entrada da área e deu bom passe para Igor Gomes finalizar firme, mas parar novamente na defesa de Richard.

Novamente Richard fez boa intervenção aos sete minutos. Luciano encontrou Pablo na área e o atacante bateu firme para o goleiro espalmar a bola.

Pablo teve mais uma chance aos 26 minutos. O centroavante foi lançado na área e bateu firme para Richard espalmar junto ao poste direito.

O São Paulo teve um gol anulado aos 28 minutos. Igor Gomes cruzou da direita, Luciano testou firme para Richard fazer outra grande defesa, mas Tchê Tchê pegou o rebote e empurrou para as redes. Só que o VAR apontou impedimento do volante na jogada.

A primeira finalização de perigo do Ceará saiu apenas aos 39 minutos. Cléber recebeu na entrada da área e bateu firme para Tiago Volpi defender sem dar rebote.

Quando Richard falhou, Fabinho salvou o Ceará. Aos 40 minutos, o goleiro errou ao tentar cortar de soco e a bola ficou com Igor Gomes, mas o volante se jogou em direção da bola e evitou o gol.

A primeira chance da segunda etapa foi do São Paulo. Aos seis minutos, Reinaldo cruzou da esquerda, Pablo desviou de cabeça na primeira trave e a bola passou por cima da meta.

Aos 17 minutos, Luciano foi lançado na área e Fabinho conseguiu o corte milimétrico para salvar o Ceará. Na sequência do lance, o atacante trombou com Richard, mas o árbitro Sávio Pereira Sampaio não assinalou a penalidade.

O auxiliar técnico do Ceará, Alexandre Faganello, foi expulso aos 21 minutos, após chutar uma bola que saiu pela lateral quando Juanfran ia cobrar arremesso. O espanhol empurrou Faganello e recebeu cartão amarelo.

O São Paulo voltou a criar boa chance aos 44 minutos. Reinaldo aproveitou rebote na entrada da área e bateu firme para Richard defender em dois tempos.

Aos 47 minutos, Luan recuou para Tiago Volpi e o goleiro demorou para sair jogando e foi desarmado por Léo Chú, que apenas rolou para o gol vazio.

Mas aos 51 minutos, Galeano cruzou da direita, Klaus cortou a bola que ia ficar nas mãos de Richard e Luciano empurrou a bola para o fundo das redes para empatar o jogo.

LEIA MAIS: Band irá transmitir a F-1 com exclusividade no Brasil até 2022

Previous ArticleNext Article