São Paulo sobra, vence o Santos por 3 a 0 na Vila e respira no Paulista

O São Paulo venceu o Santos por 3 a 0, neste domingo (20), na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Folhapress - 20 de fevereiro de 2022, 21:10

Reprodução/Twitter São Paulo Futebol Clube
Reprodução/Twitter São Paulo Futebol Clube

O São Paulo venceu o Santos por 3 a 0, neste domingo (20), na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Os gols foram marcados por Eder, Eduardo Bauermann (contra) e Rodrigo Nestor numa partida em que os comandados de Rogério Ceni foram superiores o tempo inteiro diante do adversário dirigido interinamente por Marcelo Fernandes.

O resultado faz o São Paulo encerrar um tabu de cinco anos sem vitórias na Vila Belmiro - a última tinha sido em 2017, sob o comando do próprio Rogério Ceni. O time avança para 11 pontos na segunda posição do Grupo B e emenda quatro jogos sem derrota no Paulistão, enquanto o Peixe perde a segunda seguida, mas segue na vice-liderança do Grupo D, com nove pontos.

Os próximos desafios dos rivais serão longe do Estado e válidos pela Copa do Brasil. O Santos visita o Salgueiro-PE na quarta-feira, às 19h, enquanto o São Paulo vai até a Paraíba desafiar o Campinense no dia seguinte, às 21h30. Folga na tabela do Paulistão.

O São Paulo teve sua melhor atuação na temporada na Vila Belmiro. Apesar de alguns problemas no primeiro tempo, especialmente em saídas de bola pelo chão, o time não foi pressionado pelo Santos e construiu a vitória com base num jogo de paciência, com trocas de passes objetivas (curtas ou longas) e uma blitz na marcação média que permitiu muitas bolas em superioridade numérica de jogadores para atacar, como nos lances dos gols no segundo tempo.

O segundo gol, com a bola de pé em pé, é prova do bom rendimento e do acerto da estratégia de Ceni, que povoou o meio-campo, maior fragilidade do Santos, e corrigiu no intervalo a única deficiência, que era a marcação sobre Angelo. Depois que o Santos se abriu, a vitória foi construída com autoridade.

A arbitragem de Edina Alves Batista foi assunto constante no primeiro tempo. O clima esquentou logo no começo com uma disputa de Marcos Leonardo e Pablo Maia na área, que o Santos reclamou de pênalti. Os jogadores e treinadores deixaram o clima tenso com reclamações de lado a lado, mas o auge das reclamações foi um lance aos 45 minutos, quando Angelo caiu após dividida com Reinaldo na área e não houve conferência na cabine do VAR.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 x 3 SÃO PAULO
Competição: Campeonato Paulista, 8ª rodada
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/hora: 20 de fevereiro de 2022 (domingo), às 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Edina Alves Batista
Assistentes: Neuza Ines Back e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Público/renda: 9.553 pagantes, R$ 247.352,50
Cartões amarelos: Lucas Pires, Vinicius Zanocelo (Santos), Diego Costa, Eder (São Paulo)
GOLS: Eder, aos 21 do primeiro tempo (SAO), Eduardo Bauermann (contra), aos aos 20 minutos do segundo tempo, e Rodrigo Nestor, aos 25 minutos do segundo tempo (SAO).

SANTOS
Jandrei; Igor Vinicius (Rafinha, aos 41/1ºT), Miranda, Diego Costa e Reinaldo (Léo, no intervalo); Pablo Maia, Gabriel Sara e Igor Gomes (Rodrigo Nestor, no intervalo); Nikão (Marquinhos, aos 30/2ºT), Eder e Alisson. Técnico (interino): Marcelo Fernandes.

SÃO PAULO
João Paulo; Madson (Marcos Guilherme, aos 39/1ºT), Kaiky, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Sandry (Lucas Barbosa, aos 27/2ºT), Camacho (Pirani, aos 17/2ºT) e Ricardo Goulart (Vinicius Zanocelo, aos 27/2ºT); Ângelo, Lucas Braga (Rwan, aos 27/2ºT) e Marcos Leonardo. Técnico: Rogério Ceni.

LEIA MAIS: Atlético-MG bate Flamengo nos pênaltis e leva Supercopa do Brasil