Seleção brasileira AO VIVO: onde assistir Brasil x Paraguai e as escalações

Classificada para a Copa do Mundo, a seleção brasileira joga pelas Eliminatórias contra o Paraguai - saiba onde assistir ao jogo ao vivo e as escalações.

Redação - 01 de fevereiro de 2022, 20:45

(Lucas Figueiredo/CBF)
(Lucas Figueiredo/CBF)

Classificada para a Copa do Mundo, a seleção brasileira ainda joga pelas Eliminatórias contra o Paraguai - saiba onde assistir ao jogo ao vivo e as escalações.

A partida acontece na noite desta terça-feira (01º), às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

ONDE ASSISTIR À SELEÇÃO BRASILEIRA AO VIVO

O jogo tem transmissão da Globo, em TV fechada, e do sportv, em TV fechada.

Líder isolado das Eliminatórias e com a vaga carimbada no Catar, a seleção brasileira enfrenta o Paraguai com seis mudanças em relação ao time que empatou com o Equador em 1 a 1.

Na defesa, o lateral-direito Emerson Royal foi expulso ainda no primeiro tempo do empate com o Equador e o lateral-esquerdo Alex Sandro testou positivo para o coronavírus. Já o zagueiro Éder Militão recebeu o terceiro cartão amarelo e o goleiro Alisson fica no banco de reservas por opção.

Daniel Alves, que já havia entrado para recompor a lateral-direita, é o titular, enquanto Alex Telles ganha uma chance no lado esquerdo. Na zaga, Marquinhos faz a dupla de zaga com Thiago Silva.

No meio-campo, Fabinho entra no lugar de Casemiro, que começa no banco, e Fred perde a posição para Lucas Paquetá, que cumpriu suspensão na última rodada. E o ataque é o único setor que permanece com os mesmos jogadores - Raphinha, Vinícius Júnior e Matheus Cunha.

FICHA TÉCNICA - ELIMINATÓRIAS PARA A COPA DO MUNDO

Onde assistir à seleção brasileira: Globo e sportv.

Data, horário e local: terça-feira (01º), às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Brasil: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Telles; Fabinho, Lucas Paquetá e Philippe Coutinho; Raphinha, Matheus Cunha e Vinícius Júnior. Técnico: Tite.

Paraguai: Silva; Escobar, Rojas, Junior Alonso e Arzamendia; Sánchez, Ojeda e Matías Rojas; Almirón, Sanabria e Carlos González. Técnico: Guillermo Schelotto.