Richarlison marca três, e Brasil vence a Alemanha na estreia das Olimpíadas

Pedro Melo

seleção brasileira Brasil Alemanha resultado jogos olímpicos olimpíadas Richarlison

A seleção brasileira começou as Olimpíadas de Tóquio com vitória sobre a Alemanha por 4 a 2. O Brasil marcou três gols ainda no primeiro tempo com o atacante Richarlison. Na etapa final, Amiri e Ache descontaram, mas Paulinho confirmou a vitória nos acréscimos.

Com o resultado positivo, o Brasil termina a primeira rodada na liderança do Grupo D. A próxima partida é contra a Costa do Marfim, que venceu a Arábia Saudita na estreia por 2 a 1, no domingo (25), às 5h30 (horário de Brasília).

A rodada do futebol masculino rendeu diversas surpresas e apenas a seleção brasileira, entre as favoritas, começou com o pé direito. A França foi goleada pelo México em 4 a 1, a Espanha apenas empatou com o Egito em 0 a 0 e a Argentina perdeu para a Austrália por 2 a 0.

RICHARLISON ANOTA HAT-TRICK NA ESTREIA DA SELEÇÃO BRASILEIRA NAS OLIMPÍADAS

O técnico André Jardine escalou a seleção brasileira com ataque ofensivo, além de dois laterais que ajudam bastante no ataque. Com isso, o Brasil não tomou conhecimento da Alemanha no primeiro tempo. Logo aos sete minutos, Richarlison recebeu passe de Anthony e precisou de dois chutes para abrir o placar.

Aos 21 minutos, Guilherme Arana cruzou na medida para Richarlison, livre de marcação, cabecear para o fundo das redes. E aos 29, o próprio Richarlison marcou o terceiro dele. O Pombo aproveitou passe de Matheus Cunha e chutou no canto, sem chance para o goleiro Müller.

E a vitória pode virar a goleada ainda no primeiro tempo. Richarlison desperdiçou duas chances de marcar o quarto dele em menos de 45 minutos, mas a grande oportunidade perdida foi com Matheus Cunha. O centroavante perdeu pênalti já nos acréscimos.

A seleção brasileira voltou para o segundo tempo com a mesma postura e perdeu três grandes chances nos primeiros minutos. Porém, aos 10, a Alemanha esboçou o início da reação. Amiri pegou o rebote do chute de Richter, arriscou de fora da área e o goleiro Santos falhou.

A Alemanha ficou com um jogador a menos após a expulsão de Arnold, que cometeu falta dura em Daniel Alves. Mesmo em desvantagem em campo, a seleção alemã marcou o segundo gol aos 36 minutos. Após cruzamento na área, Acheu subiu livre de marcação e cabeceou no canto direito.

Nos acréscimos, a seleção brasileira confirmou a vitória com o quarto gols. Paulinho recebeu livre de marcação, invadiu a área e chutou no ângulo esquerdo para garantir os três pontos.

FICHA TÉCNICA – BRASIL 4X2 ALEMANHA

Data, hora e local: quinta-feira (22), às 8h30 (horário de Brasília), no estádio de Yokohama, em Yokohama, no Japão.

Brasil: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho (Malcom); Antony (Paulinho), Richarlison (Reinier) e Matheus Cunha. Técnico: André Jardine.

Alemanha: Müller; Henrichs, Pieper (Torunarigha), Uduokhai e Raum; Stach (Schlotterbeck), Arnold e Maier; Richter (Löwen), Kruse (Ache) e Amiri (Teuchert). Técnico: Stefan Kuntz.

Gol: Richarlison (BRA), aos 7′, aos 22′ e aos 29′ do primeiro tempo, Amiri (ALE), aos 10′ do segundo tempo, Ache (ALE), aos 38′ do segundo tempo, e Paulinho (BRA), aos 49′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Pieper, Henrichs e Torunarigha (ALE); Douglas Luiz (BRA).

Cartão vermelho: Arnold (ALE).

Arbitragem: Iván Barton (ESA), auxiliado por David Morán (ESA) e Zachari Zeegelaar (SUR).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="777278" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]