Seleção de vôlei perde para Sérvia, que está fora da Rio 2016

Mariana Ohde


Fonte: UOL

A seleção masculina brasileira de vôlei perdeu a primeira partida na Liga Mundial, nesta quinta-feira (23), para a Sérvia, em Belgrado, na casa do adversário. A equipe de Bernardinho largou bem, com vitória no set inaugural, mas cedeu a virada na sequência – no fim, 3 sets a 1 para os europeus (19/25, 25/15, 25/21 e 25/22).

Com o resultado, o Brasil perdeu o 100% de aproveitamento que sustentava até esta rodada, a quarta do torneio, primeira disputada na Europa. Na fase anterior, que ocorreu no Rio de Janeiro, de três jogos, venceu Irã, Argentina e os Estados Unidos.

Os brasileiros não conseguiram segurar o saque sérvio, decisivo no confronto. Além disso, não encaixaram o bloqueio – o time conseguiu apenas dois pontos no fundamento durante toda a partida. Vale lembrar que a seleção anfitriã não conquistou vaga para os Jogos Olímpicos de 2016.

Bernardinho aproveitou para fazer novos testes tendo em vista a Rio-16 – o treinador precisa definir mais três cortes para a competição a ser disputada na capital fluminense, a partir de agosto. O experiente Murilo, por exemplo, nem foi à quadra.

O último invicto

A derrota brasileira torna a seleção sérvia a última invicta da Liga Mundial. O confronto, inevitavelmente, derrubaria uma das duas únicas equipes que se mantiveram com 100% de aproveitamento até esta quinta-feira. Melhor para a Sérvia, atual vice-campeã da competição, que já bateu também Bulgária, Polônia e Rússia (todas por 3 sets a 0).

Saque sérvio traz problemas

Depois de vencer um primeiro set tranquilo por 25-19, fechado com pancada de Walace desde a ponta direita, o Brasil se viu com problemas na parcial seguinte. E tudo por causa da mão calibrada nos sérvios nos saques. Lisinac, Atanasijevic e Podrascanin, um após o outro, emplacaram sequências fortes no fundamento – foram 10 pontos de saque na série, além da imposição de passes errados que terminaram em ataques ruins dos brasileiros.

A equipe de Bernardinho fez o seu pior set em toda a competição. O trio sérvio abriu vantagem que chegou a 21-12. Acabou fechando em 25-15, de novo com Lisinac no saque – e só podia terminar de um jeito: o sérvio pesou a mão e o Brasil não devolveu a bola.

No período seguinte, ainda que com menor intensidade, os saques sérvios continuaram entrando – em toda a partida, foram 20 pontos a partir do fundamento para os europeus. No terceiro set, a seleção rival do Brasil aliou à boa atuação uma série de bloqueios. Com mais recursos, fechou a parcial em 25-21, apesar de uma tentativa de reação liderada por Lipe.

O Brasil reagiu no quarto set, após um início de período que começou como os outros. Quando a Sérvia abriu 18-13, Lucarelli emplacou sete pontos seguidos no saque. Logo depois, no entanto, a seleção anfitriã se recuperou e fechou o jogo com um 25-22.

Um jogo quase sem bloqueios

A Sérvia sustentou seu jogo no terceiro set com um bloqueio firme, é verdade, mas até então o confronto se mostrava fraco no fundamento. O “paredão” do Brasil, deficiente, conseguiu apenas dois pontos durante toda a partida. O primeiro ponto do tipo foi dos donos da casa, no período inaugural. Depois, só voltou a ocorrer na terceira parcial: foram quatro dos sérvios.

O duelo terminou com apenas oito pontos de bloqueio. Pouco para um jogo deste nível.

Sérvia está fora da Rio-2016

Apesar de o Brasil estar em testes para os Jogos do Rio, a seleção adversária desta quinta-feira não virá à Olimpíada. A Sérvia não tem mais chance de classificação: no qualificatório europeu, não passou nem para a fase final, depois de duas derrotas nos dois primeiros jogos.

Próximos jogos do Brasil na Liga Mundial

Rodada na Sérvia

24/06 – 11h – Brasil x Irã
25/06 – 11h – Bulgária x Brasil

Rodada da França

01/07 – 10h – Brasil x Polônia
02/07 – 10h – Brasil x Bélgica
03/07 – 13h – Brasil x França

Fase final na Polônia

De 13 a 17/07

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal