câmara dos deputados
Compartilhar

Seleção feminina de vôlei enfrenta Estados Unidos nesta terça-feira

Da CBVA seleção brasileira feminina de vôlei continua com a preparação para a disputa da Copa dos Campeões no Japão entr..

Francielly Azevedo - 29 de agosto de 2017, 18:28

Da CBV

A seleção brasileira feminina de vôlei continua com a preparação para a disputa da Copa dos Campeões no Japão entre os dias cinco e 10 de setembro. Nesta terça-feira (29), Brasil e Estados Unidos disputarão o segundo amistoso entre as equipes na USAVcup, às 23h30 (horário de Brasília), em Anaheim, na Califórnia. Na primeira partida da série no último domingo (27), o time verde e amarelo foi superado pelas norte-americanas por 3 sets a 0.

O treinador José Roberto Guimarães comentou sobre a expectativa para o segundo duelo amistoso entre as equipes.

“Esses jogos são importantes para aprendermos a jogar com os Estados Unidos que tem uma das melhores seleções do mundo e conservou a base dos dois últimos ciclos olímpicos. É uma equipe bastante consistente em todos os fundamentos, principalmente no sistema defensivo. Esses jogos são importantes para o ritmo do nosso time. É muito positivo enfrentar uma equipe que erra pouco e nos obriga a cometer o menor número de erros possível”, explicou José Roberto Guimarães.

A ponteira Natália destacou a importância dos amistosos para o grupo brasileiro.

“Sabemos que podemos jogar melhor do que no domingo contra os Estados Unidos. É muito importante termos essa oportunidade de jogar contra elas, que hoje tem uma das melhores equipes do mundo. Temos que tirar o máximo proveito desses dias para treinarmos, evoluirmos e melhorarmos como equipe”, disse Natália.

O Brasil disputará a Copa dos Campeões com as levantadoras Roberta e Naiane, as opostas Tandara e Monique, as ponteiras Natália, Gabi, Rosamaria e Amanda, as centrais Bia, Carol, Mara e Saraelen, e as líberos Suelen e Gabi.

Nesta temporada, a equipe do treinador José Roberto Guimarães venceu as três competições que disputou, o Montreux Volley Masters, o Grand Prix e o Sul-Americano, que garantiu o Brasil no Mundial de 2018, no Japão.