Sem Dagoberto, Londrina desafia vice-líder CSA em Maceió

Roger Pereira


Embalado na série B do Campeonato Brasileiro depois da goleada por 4 a 1 sobre o Atlético-GO e uma série de três vitórias nos últimos quatro jogos, o Londrina encara, nesta terça-feira, o CSA, fora de casa, pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo diante do vice-líder, e um dos melhores mandantes do campeonato, o principal obstáculo do Tubarão para conseguir um triunfo no estádio Rei Pelé pode nem ser o adversário. O Tubarão tentará quebrar os três meses de invencibilidade dos alagoanos em casa sem seu principal jogador, o atacante Dagoberto, autor de três gols na última rodada, que cumpre suspensão.

Em nove jogos com Dagoberto em campo, o Tubarão marcou 16 pontos. Sem o craque, foram 15 jogos e apenas 14 pontos. O atacante tem média superior a um gol por partida, com 10 gols marcados na Série B, o que o coloca como um dos artilheiros da competição.

Para substituir Dagoberto no ataque e na responsabilidade, o técnico Roberto Fonseca escalou um velho conhecido da torcida londrinense. De volta de um empréstimo ao Sport, o atacante Carlos Henrique está confirmado entre os titulares para esta noite. Ele deverá formar dupla com Safira que havia sido negociado com o Sport (na troca pelo retorno de Carlos Henrique), mas foi reprovado nos exames médicos e retornou ao clube paranaense.

Com 30 pontos, o Tubarão é o 12º colocado na tabela da Série B, a nove pontos do G4 e a apenas quatro da zona de rebaixamento, posição em que terminou o primeiro turno. A melhora de desempenho após a chegada do técnico Roberto Fonseca, no entanto, motiva o Londrina a abrir distância da ZR o quanto antes para tentar chegar nas últimas rodadas da Série B sonhando com o acesso à primeira divisão.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="550957" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]