Serginho se despede da seleção brasileira com vitória

Redação


Do UOL, em São Paulo

Um dos grandes símbolos do voleibol brasileiro não atuará mais pela seleção a partir deste domingo (4). Serginho se despediu de sua tradicional camisa 10 com vitória por 3 sets a 1 em mais uma partida do Desafio de Ouro, contra Portugal e deixou a quadra muito satisfeito por encerrar ciclo extremamente vitorioso.

“Eu só agradeço ao voleibol, às pessoas que sempre torceram pelo Brasil. Foram muitos anos dedicados à seleção. Não quero ser agradecido, quero agradecer. Pelas pessoas sempre importarem com a gente”, declarou o líbero à TV Globo.

Ele estreou em Olimpíadas com a seleção brasileira em Atenas-2004 e a partir de então tornou-se um elo entre as gerações vitoriosas do vôlei masculino. Foram quatro medalhas olímpicas e outros 15 pódios, entre Pan e torneios mundiais, até a despedida no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

“Meus pais, meus amigos de Pirituba foram responsáveis por eu me tornar essa pessoa que sou hoje. Fico feliz pela gratidão que as pessoas têm quando me encontram fora da quadra”, celebra Serginho, entre sorrisos, ao relembrar as raízes na periferia da cidade de São Paulo.

“As pessoas sempre têm que acreditar em seus sonhos. Eu me sinto igual a todas as pessoas que estão aqui assistindo. Não vamos deixar de lutar, vamos fazer do Brasil melhor, vamos correr atrás dos nossos sonhos”, incita o líbero, que apesar de deixar a seleção brasileira ainda pensa em jogar mais um ou dois anos em clubes.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="383611" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]