Sergio Pérez vence o GP de Mônaco; Sainz é o segundo e Verstappen o terceiro

O piloto da casa, Charles Leclerc, foi pole position e terminou a corrida em quarto, após perder posições nos boxes.

Johan Gaissler - 29 de maio de 2022, 13:09

(Foto: Twitter/F1)
(Foto: Twitter/F1)

O mexicano Sergio Pérez, da Red Bull, venceu o Grande Prêmio de Mônaco neste domingo (29). É a terceira vitória dele na Fórmula 1. Carlos Sainz Jr., da Ferrari, foi o segundo. Max Verstappen ficou em terceiro e completou o pódio. O piloto da casa, Charles Leclerc, foi pole position e terminou a corrida em quarto, após perder posições nos boxes.

Leclerc segue sem vencer em casa na F1. No ano passado, ele também largou na frente, mas não conseguiu completar a prova. Neste ano, a corrida começou com uma hora de atraso e foi encerrada no tempo máximo de limite.

Contrariando as previsões do tempo para o principado de Mônaco, começou a chover próximo ao horário da largada da corrida, quando os pilotos já estavam posicionados no grid

Primeiro como uma garoa e depois como uma chuva forte, a condição do tempo inviavilizou o início da prova dentro do horário previsto. Depois de voltas de apresentação e adiamentos, a corrida foi iniciada com o Safety Car, uma hora depois do previsto.

Na terceira volta, o carro de segurança saiu e o Grande Prêmio de Mônaco começou de fato. 

CORRIDA COMEÇOU COM CARROS COM PNEUS DE CHUVA

A prova iniciou ainda sob chuva e os carros estavam com pneus de chuva, apropriados para essa condição. O pole position, Charles Leclerc, tomou a frente já abrindo segundos de vantagem nas 10 primeiras voltas.

Ao mesmo tempo, algumas equipes começaram a trocar os pneus de chuva pelos intermediários. A estratégia da Ferrari, que dominou os treinos, era para ser diferente: queria realizar a troca direta de pneus de chuva para pneus de pista seca.

Sem paradas nos boxes, equipe ficou sem fazer paradas até a volta de número 19. Leclerc fez a troca como todos estavam fazendo, de pneus de chuva para intermediários, e voltou atrás do mexicano Sergio Perez, da Red Bull. O companheiro do monegasco, Carlos Sainz Jr., trocou voltas depois para os pneus de pista seca, como a equipe queria.

Leclerc, bastante insatisfeito, precisou parar mais uma vez para fazer trocas. Desta vez de pneus intermediários para pneus duros, de pista seca, e se viu atrás do colega ferrarista.

MICK SCHUMACHER BATE E PROVA FOI INTERROMPIDA

A prova foi interrompida na volta de número 30 após uma forte batida de Mick Schumacher, da Haas

Por cerca de 20 minutos, a corrida ficou paralisada, e comprometeu a realização do Grande Prêmio de Mônaco por completo, nas 77 voltas previstas.

Por isso, abriu-se uma contagem regressiva para o tempo máximo previsto para a realização de uma prova.

Sergio Perez se manteve na frente, seguido por Carlos Sainz Jr. e Max Verstappen. O piloto da Ferrari ainda tentou pressinar o mexicano, mas não conseguiu realizar a ultrapassagem.

A próxima prova da Fórmula 1 2022 será realizada daqui duas semanas, no fim de semana do dia 12 de junho, no Azerbaijão.