Com apagão na Vila Capanema, Paraná Clube empata sem gols com o Náutico

Rafael Nascimento

Paraná Clube recebe Oeste pela Série B; veja onde assistir

Paraná Clube e Náutico empataram sem gols na noite desta terça-feira (6), na Vila Capanema, em Curitiba, pela 14ª rodada da Série B do Brasileiro.

A ineficiência ofensiva de ambas as equipes foi intensificada após o jogo ser paralisado por 59 minutos no segundo tempo, por conta de problemas na iluminação do estádio.

Curiosamente, o último jogo do Paraná na competição, contra o Botafogo-SP, fora de casa, semana passada, também havia sido paralisado por falta de energia.

Apesar do ponto somado, o empate aumenta a sequência de jogos sem vitória – agora com uma derrota e três empates nas últimas quatro rodadas -, e tira o Tricolor do G4, com 23 pontos. O Juventude fecha o grupo dos quatro primeiros, também com 23 pontos. Caso a Ponte Preta não vença o clássico paulista contra o Guarani, o time paranaense retorna ao G4.

O Náutico é o 13º colocado, com 15 pontos.

 

O próximo desafio de Paraná Clube e Náutico na Série B será longe de casa. Na sexta-feira (9), o Timbu visita o América Mineiro, na Arena Independência, em Belo Horizonte, às 19h15.

No dia seguinte (10), às 18h30, o Tricolor encara o CSA no estádio Rei Pelé, em Maceió-Alagoas.

APAGÃO ESFRIA O JOGO NA VILA CAPANEMA

O Náutico começou o jogo com uma proposta de pressionar a saída de bola do Paraná Clube e capitalizou boas investidas já nos minutos iniciais, com o meia Ruy e o atacante Kieza. O goleiro Alisson salvou o Tricolor em ambos os lances.

O Timbu seguiu forçando o erro do Paraná e chegou novamente ao ataque aos 22, em belo chute de Thiago Fernandes, mas Alisson mais uma vez evitou o gol pernambucano.

O primeiro bom momento doss donos da casa aconteceu somente aos 33, em finalização de Léo Castro à queima-roupa, mas o goleiro Jefferson saiu bem da meta e fez a defesa.

O Paraná Clube cresceu de produção e o mesmo Léo Castro teve nova chance no fim do primeiro tempo, de cabeça, mas errou o alvo.

O time do técnico Allan Aal voltou melhor para o segundo tempo e assustou com gois chutes de longa distância de Gabriel Pires.

Só que justo no momento em que o Tricolor era melhor no jogo, aos 15 min, a partida foi interrompida por problemas na iluminação da Vila Capanema.

A paralisação, que durou uma hora, inevitavelmente esfriou ambas as equipes, e o jogo foi reiniciado com menor intensidade. Mesmo assim, o Paraná Clube seguia com maior posse de bola e povoava o campo adversário.

O Tricolor teve uma chance única de anotar seu gol aos 35. Paulo Henrique alçou a bola pela direita e encontrou Bruno Xavier na pequena área, mas o estreante se enrolou com a bola e chutou em cima do goleiro.

Previous ArticleNext Article