Série B: Paraná Clube tropeça em casa e fica no empate com o Confiança

Rafael Nascimento


Em jogo de poucas emoções, o Paraná Clube empatou com o Confiança na noite desta sexta-feira (6) na Vila Capanema, em Curitiba, pela 20ª rodada da Série B do Brasileiro: 1 a 1.

O atacante Léo Castro, que entrou no intervalo, anotou o gol do Tricolor, e Reis deu números finais ao jogo.

A partida marcou a reestreia do técnico Rogério Micale no comando paranista – a primeira passagem do treinador no clube havia sido em 2018.

Mesmo com o empate, o Paraná Clube ganha duas posições na tabela e agora é o 6º colocado, com 29 pontos – dois pontos a menos que o Juventude, equipe que fecha o grupo dos quatro primeiros.

O complemento da rodada, entretanto, pode voltar a afastar o time do G-4.

Na terça-feira (10), às 21h30, o Confiança recebe na arena Batistão o Botafogo-SP. O Paraná Clube volta a campo na próxima sexta-feira (13), às 18h30, diante do Avaí, na Ressacada, em Florianópolis.

TRICOLOR ENTRA EM CAMPO DESORGANIZADO, ACORDA NO 2º TEMPO, MAS CEDE EMPATE

Mesmo fora de casa, o Confiança apresentou desenvoltura na Vila Capanema e tomou conta do jogo no primeiro tempo, mantendo maior posse de bola e levando perigo nos contra-ataques cedidos pelo Paraná Clube.

O Tricolor, por sua vez, tinha dificuldades na saída de jogo e na criação, para irritação do técnico Rogério Micale, estreante da noite. Em ritmo lento, a principal – e única – chance do time na primeira etapa aconteceu aos 18, em cabeçada de Thiago Alves de fora da área, e a com a bola triscando o travessão.

Buscando uma postura mais aguda do Paraná Clube, Rogério Micale corrigiu o posicionamento da equipe no vestiário e promoveu as entradas de Léo Castro e Andrey no intervalo. Em 27 segundos, a equipe assustou com Renan Bressan, em chute de longa distância.

O gol paranista saiu aos 11 minutos, após uma presepada do goleiro Rafael Santos. O goleiro do Confiança saiu da área para interceptar rápido contra-ataque do Paraná, mas errou o bote. Karl ficou com a sobra e tocou para Léo Castro, que tocou entre as pernas do zagueiro Luan para marcar: 1 a 0.

Só que o Tricolor não conseguiu manter o mesmo ímpeto dos minutos iniciais e recuou. O Confiança chegou ao empate uma descida pela esquerda: Guilherme Castilho cruzou para o miolo da área, a zaga paranista não conseguiu cortar o perigo e Reis, no bate-rebate, empurrou para as redes: 1 a 1.

O Confiança ainda teve duas grandes chances da virada no fim do jogo, em cobrança de falta rasteira de Guilherme Castilho, mas o goleiro Alisson, que voltou à meta paranista, fez grande defesa. Já nos acréscimos, Tiago Luis soltou a pancada e Alisson, mais uma vez, salvou o Tricolor.

Previous ArticleNext Article