Sharapova está fora dos Jogos Olímpicos por doping

Fernando Garcel


A tenista Maria Sharapova está fora dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira (8), a atleta, de 29 anos, foi suspensa por dois anos pela Federação Internacional de Tênis (ITF) por ter sido flagrada em um exame antidoping realizado no Aberto da Austrália, no início desta temporada.

A tenista havia sido notificada no dia 2 de março e admitiu o uso da substância proibida. Desde então, ela estava suspensa de forma provisória. Agora, o ITF indicou que a punição termina à meia-noite do dia 25 de janeiro de 2018.

No dia 7 de março, a tenista convocou uma coletiva de imprensa para anunciar que havia caído no exame antidoping por usar a substância meldonium durante o torneio australiano. Em nota, a ex-número um do mundo destacou que o tribunal a inocentou da acusação de melhora de performance esportiva, mas que vai recorrer à Corte Arbitral do Esporte da decisão, por considerar a punição de dois anos “injustamente dura”.

O meldonium passou a ser proibido na cartilha de 2016 da Agência Mundial Antidoping (Wada) e atletas que testaram positivo antes de 1° de março poderiam ser anistiados. Sharapova, porém, admitiu que continuou usando a substância após esta data, segundo ela, por causa de problemas cardíacos e de um histórico de diabetes na família.

No Facebook, a atleta comentou o caso e afirmou sentir saudades de jogar tênis e dos fãs.

Previous ArticleNext Article