Sócio atleticano precisa habilitar carteirinha para grande final da Sul-Americana

Roger Pereira

Apostando em recorde de público na Arena da Baixada no próximo dia 12, quando o Atlético recebe o Junior Barranquila na grande final da Copa Sul-Americana, a diretoria rubro-negra anunciou, nesta quarta-feira, que os sócios precisarão habilitar seus smartcards (as carteirinhas) para ter acesso ao estádio no dia da partida. Com todos os ingressos colocados à venda esgotados, o clube teme que a ausência de sócios com o direito de acesso ao jogo, mas que por qualquer motivo não possa ir à partida da próxima a quarta-feira, impeça o recorde de público, que hoje pertence ao Paraná Clube, que levou 39.414 na partida contra o Internacional, ano passado.

Assim, as cadeiras que não forem habilitadas até as 23h59 do próximo domingo serão colocadas à venda pelo clube a partir de segunda-feira. “Para quebrar o recorde de público do Estádio Joaquim Américo e dar a oportunidade para que o máximo de atleticanos estejam juntos nesta partida histórica, o Clube promoverá o ‘check-in’ para os Sócios Furacão”, justifica o Atlético em comunicado ao sócios.

A habilitação já pode ser feita, através do site http://checkin.sociofuracao.com. O processo pela Web é simples, rápido e garantido. Os Smarts que não forem habilitados até domingo (9) serão bloqueados para o acesso ao estádio na grande final. Os Sócios Furacão acessarão o Estádio Joaquim Américo, no dia do jogo, com o Smart Card e a biometria. Também é necessário portar o comprovante da habilitação [impresso ou no celular], para garantir o acesso ao estádio.

O check-in não garante acesso aos Sócios inadimplentes ou com situações em aberto com o Conselho de Ética e na Justiça.


Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook