Sul-Americana: o que acontece se Athletico x Bragantino terminar empatado?

Pedro Melo

Sul-Americana Athletico Red Bull Bragantino prorrogação pênaltis

Athletico e Red Bull Bragantino decidem neste sábado (20), às 17h, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, o título da Sul-Americana. A dúvida que surge na cabeça do torcedor é: se o jogo terminar empatado, tem prorrogação?

A pergunta pode parecer simples, mas o regulamento muda justamente para a final da Sul-Americana. Durante toda a competição, o gol fora de cabeça é critério de desempate. E em caso de igualdade após os dois jogos, a decisão vai direto para os pênaltis.

Porém, a situação muda na decisão. Se Athletico e Red Bull Bragantino empatarem ao final dos 90 minutos, a Conmebol colocou uma prorrogação de 30 minutos, com dois tempos de 15 minutos. O jogo só vai para os pênaltis caso permaneça o empate no tempo extra.

Nas duas finais anteriores da Sul-Americana em jogo único, a decisão terminou ainda no tempo normal. Em 2019, o Independiente Del Valle, do Equador, venceu o Colón, da Argentina, por 3 a 1. E no meio-campo, a final argentina terminou com vitória do Defensa y Justicia por 3 a 0 sobre o Lanús.

A última vez que a final da Sul-Americana terminou nos pênaltis foi justamente quando o Athletico ganhou a competição. Depois de empate em 1 a 1 nas duas partidas, o Rubro-Negro venceu o Junior Barranquilla, nos pênaltis, por 4 a 3, e levou o troféu em 2018.

ESCALAÇÕES DE ATHLETICO E RED BULL BRAGANTINO PARA A FINAL DA SUL-AMERICANA

O técnico Alberto Valentim relacionou 30 jogadores para a decisão e pode escalar o time considerado ideal. A provável escalação do Athletico tem Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas Hernández; Marcinho, Erick, Léo Cittadini e Abner; Nikão, Renato Kayzer e David Terans.

Já o técnico Maurício Barbieri não tem força máxima no Bragantino. O volante. Raul, com lesão ligamentar no joelho, só volta em 2022. E os meio-campistas Lucas Evangelista e Eric Ramires realizaram tratamento intensivo nos últimos dias, mas foram vetados pelo departamento médico.

O Red Bull Bragantino deve jogar com Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Jadsom Silva, Luan Cândido e Praxedes; Artur, Ytalo e Cuello.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="804844" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]