Super Bowl: Tom Brady brilha e Buccaneers vencem Chiefs

Jorge de Sousa

Super Bowl: Tom Brady brilha e e Buccaneers vencem Chiefs

O Tampa Bay Buccaneers venceu o Kansas City Chiefs por 31 a 9 na noite deste domingo (7) e conquistou o título do Super Bowl LV com grande atuação de Tom Brady.

Esse foi o segundo título de Super Bowl da história dos Buccaneers, que quebraram um jejum de 19 anos sem conquistas na NFL.

Já Tom Brady conquistou seu sétimo anel de campeão do Super Bowl e ampliou o recorde de títulos individuais na NFL.

O quarterback ainda conseguiu sua quinta nomeação de MVP da final ao registrar 21/29 nas tentativas de passes, 201 jardas lançadas e três touchdowns.

Do lado dos Chiefs, Patrick Mahomes sofreu com a pressão da defesa dos Buccaneers e terminou a partida com registrar 26/49 nas tentativas de passes, 270 jardas lançadas e duas interceptação

CELEBRIDADES PRESENTES

Antes da bola rolar, H.E.R, Eric Church e Jazmine Sullivan roubaram a cena em Tampa. H.E.R. é uma das principais representantes da nova geração do R&B e cantou a tradicional música norte-americana “America is Beautiful”.

Já Church e Sullivan tiveram a responsabilidade de cantar o hino nacional norte-americano, em uma performance muito aplaudida no Raymond James Stadium.

Já a atração do show do intervalo foi o The Weeknd, que cantou seus principais sucessos como ‘Blinding Lights’, ‘Star Boy’, ‘Earned It’ e ‘Save Your Tears’.

O SUPER BOWL EM CAMPO

Após três campanhas dominadas pelas defesas, Mahomes liderou os Chiefs por 26 jardas no campo, mas conseguiu apenas um field goal de 49 jardas anotado por Harrison Butker.

Na sequência, Brady conseguiu sua primeira grande campanha na partida. O quarterback liderou os Buccaneers por 70 jardas no campo até encontrar Rob Gronkowski em touchdown de oito jardas.

Antes do intervalo, a defesa dos Buccaneers cedeu apenas mais três pontos aos Chiefs, enquanto Brady e o ataque anotaram mais touchdowns e deixaram a partida em 21 a 6 antes do show do The Weeknd.

Os Chiefs começaram com a posse após o intervalo, avançaram por 47 jardas no campo, mas novamente tiveram que se contentar com um field goal como pontuação.

Na campanha seguinte, mais uma vez Brady foi preciso no ataque, os Buccaneers avançaram 74 jardas no campo e Leonard Fournette correu por 28 jardas para anotar outro touchdown.

Com a vantagem no placar, o ataque dos Buccaneers se colocou mais conservador em campo, enquanto a defesa forçou duas interceptações contra Mahomes e não cedeu mais pontos até o fim do Super Bowl.

LEIA MAIS: Palmeiras perde do Tigres e está eliminado do Mundial de Clubes

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="744121" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]