Técnico alemão revive o massacre de 7 a 1

Redação


O técnico da Alemanha, Joachim Löw, lembrou na segunda-feira (4),  do massacre sobre o Brasil por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo, três dias antes de encarar os franceses pelas semifinais da Eurocopa.

“Nós encaramos o país-sede na semifinal. A equipe estava empurrada por uma população de 200 milhões, e nós fizemos tudo bem. Tenho certeza que eles estão aptos para lidar com a pressão outra vez”, disse Löw, em coletiva de imprensa.
Löw confirmou a ausência do volante Sami Khedira, que ficará fora da semifinal. Além disso, o meia Bastian Schweinsteiger, com dores em um dos joelhos, vai depender de exames médicos para avaliar suas condições. “Ele não está 100%”, disse Löw.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="370430" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]