Jogadores do Athletico são pegos no antidoping da Conmebol

Vinicius Cordeiro


O zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho, do Athletico, foram pegos no exame antidoping da Conmebol.

O clube não sofre qualquer tipo de punição, já que a pena é dada ao atleta em específico. Além disso, é possível recurso para explicar o caso. A informação foi dada com exclusividade pelo jornalista Napoleão Almeida, do Uol Esportes.

Thiago Heleno pode pegar até 60 dias de suspensão a partir da notificação da Conmebol, enquanto Camacho ainda aguarda a contraprova. Eles ingeriram uma substância proibida pela Comissão Antidopagem por indicação do departamento de nutrição do clube.

Os dois estiveram de fora da derrota, por 2 a 1, para o Boca Juniors na última quinta-feira (9), por precaução do Furacão.

NÃO FORAM SÓ ELES

Outros dois jogadores que também ingeriram o suplemento nutricional que contém a substância proibida foram os meio campistas Bruno Guimarães e João Pedro, atualmente emprestado ao Paraná.

O primeiro também esteve de fora do último duelo da fase de grupos da Libertadores 2019. Oficialmente, o clube informou que o jogador estava com uma forte gripe.

Já João Pedro esteve de fora do jogo contra o CRB e foi afastado, por precaução, do jogo contra o Cuiabá.

Previous ArticleNext Article