Thiago Neves é afastado do Cruzeiro após ir a uma festa no fim de semana

Folhapress

thiago neves, cruzeiro, zezé perrella, salários atrasados, afastado


O gestor de futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella, comunicou na tarde desta segunda-feira (2) que o meia Thiago Neves está afastado do Cruzeiro.

A decisão foi tomada horas antes da partida contra o Vasco, pela 36ª rodada do Brasileiro.

Apesar do contrato com o clube mineiro, o jogador, que atualmente se recupera de um edema na coxa, ficará treinando separado do grupo até encontrar um novo clube.

O principal motivo para o afastamento, segundo Perrella, foi a presença de Thiago em um show na tarde do último domingo, no Mineirão.

Herdeiro da camisa 10 que era de Arrascaeta, Thiago Neves encerra sua temporada de 2019 muito aquém do esperado, tanto dentro quanto fora de campo. Embora não seja o único, o jogador não mostrou o mesmo futebol decisivo que já deu títulos importantes ao Cruzeiro, e tem sido o mais criticado pela torcida nos últimos meses.

Além disso, o meia também foi apontado como pivô da saída de Rogério Ceni, que não conseguiu ter uma boa relação com parte do grupo.

Na última quinta-feira, ele teve a chance de empatar a partida contra o CSA, mas desperdiçou a cobrança de pênalti. Horas depois do jogo, vazou um áudio do jogador cobrando salários atrasados, aumentando ainda ainda mais a ira do torcedor, que agora agoniza com a possibilidade de um inédito rebaixamento.

“Amigos, eu estou aqui na concentração do Cruzeiro, preocupado, obviamente, como a maioria de vocês estão para o jogo de hoje. E, para a minha surpresa, logo que acordo de manhã, eu vejo nosso atleta Thiago Neves curtindo festa no Mineirão. Um jogador que está em recuperação, que poderia até ser aproveitado no próximo jogo, disse Perrella, em vídeo divulgado pelo Cruzeiro.

“Diferentemente do Léo, que acompanhou a delegação com a clavícula quebrada, torcendo para o nosso time nesse momento difícil. Ele (Thiago Neves), ao contrário, preferiu fazer festa, comemorando o quê? Eu quero comunicar que a partir de agora o Thiago não faz parte dos planos dessa diretoria. Nós temos um contrato com ele, o contrato será cumprido, mas a partir de agora ele treina à parte”.

“E vamos torcer para que ele consiga arrumar um clube. Vestir a camisa do Cruzeiro, pelo menos enquanto eu aqui estiver, ele não veste mais. Um abraço a todos e vamos torcer para a gente sair dessa”, afirmou o dirigente.

Previous ArticleNext Article