Tite reforça que segue no comando da seleção brasileira

Vinicius Cordeiro

Tite segue no cargo de técnico da seleção brasileira após o título da Copa América 2019. O treinador de 58 anos reforçou, em entrevista coletiva após a conquista do título da Copa América, que pretende comandar o Brasil na Copa do Mundo de 2022, que será disputada no Catar.

Ele já tinha garantindo sua permanência na coletiva realizada no sábado (6). Entretanto, segundo Juca Kfouri, Tite estava repensando pela saída de membros importantes da comissão técnica. Edu Gaspar assumirá o cargo de diretor do Arsenal, enquanto Sylvinho e Lázaro vão assumir cargos no Lyon, da França.

“A gente fica tão mergulhado no trabalho, pensando em todo trabalho, que eu tô enrolando para dizer que não pensei ainda”, disse ao ser questionado sobre a remontagem da equipe com a saída dos integrantes da comissão.

Com o triunfo por 3 a 1 sobre o Peru neste domingo (7), no Maracanã, Tite chegou a ter 33 vitórias, sete empates e duas derrotas no comando da seleção. O aproveitamento, por enquanto, é de 84,12%.

REI DA AMÉRICA

Com a conquista, Tite se tornou o primeiro técnico a se sagrar campeão de todos os torneios da América. Em 2007, ele conquistou a Copa Sul-Americana pelo Internacional. Já em 2012, venceu a Libertadores da América e, no ano seguinte, levantou a taça da Recopa Sul-Americana – ambas pelo Corinthians.

Previous ArticleNext Article