Torcedores de Atlético-PR e Coritiba ingressam com ações contra Federação Paranaense de Futebol

Julie Gelenski


Por Fábio Buchmann / CBN Curitiba

Um dia depois do cancelamento do clássico, torcedores de Atlético e Coritiba já começaram a ingressar com ações na Justiça contra a Federação Paranaense de Futebol.

O argumento básico é o de que a FPF impediu a realização da partida, o que causou prejuízo aos torcedores que compraram ingressos e foram à Arena da Baixada neste domingo.

A primeira ação distribuída no Juizado Especial Cível de Curitiba foi ajuizada por quatro torcedores, dois do furacão e dois do coxa. O responsável é o advogado Giovani Ribeiro Rodrigues Alves.

Giovani disse que os torcedores deverão ser indenizados, a começar por danos materiais

O conteúdo da ação é o seguinte: A Federação Paranaense de Futebol fez com que todos os torcedores se sentissem, como estúpidos, já que esperou a entrada dos clubes no gramado, a execução dos hinos do Estado do Paraná e do Brasil e, até mesmo, o minuto de silêncio, para, então, não permitir o início da partida.

Tratou-se de expediente vexatório, que entristeceu cada um dos presentes. Foi uma prática ofensiva e desleal. A conduta da Ré foi praticada de modo a ferir o princípio da boa-fé objetiva, à qual está obrigada enquanto organizadora do Campeonato Paranaense de Futebol.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="415790" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]