Torcedores do Paraná Clube invadem gramado e trocam socos com jogadores; vídeo

A torcida do Paraná Clube invadiu o campo durante o jogo da queda para a segunda divisão do estadual e trocou socos com alguns jogadores - assista ao vídeo

Pedro Melo - 26 de fevereiro de 2022, 18:16

O Paraná Clube está rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Paranaense após a derrota no confronto direto para o União por 3 a 1. O jogo terminou aos 41 minutos do segundo tempo, quando torcedores paranistas invadiram o gramado da Vila Capanema e brigaram com os jogadores.

Conforme os registros da reportagem do Paraná Portal, alguns torcedores trocaram socos e pontapés com o lateral-direito André Krobel, o volante Moisés Gaúcho e o atacante Tadeu. Os jogadores conseguiram sair da briga e rapidamente correram para o vestiário da Vila Capanema.

Os policiais tiveram que entrar em ação e utilizaram bala de borracha e bomba de efeito moral para dispersar os torcedores. Somente depois da ação policial que os invasores voltaram para as arquibancadas.

Sem segurança para retomar o jogo, o árbitro Leonardo Ferreira Lima encerrou a partida. Os jogadores do União passaram mal no lado de fora do vestiário por conta das bombas de efeito moral.

O caso deve ir para o Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) e o Paraná Clube ainda corre risco de uma séria punição.

Com apenas uma vitória, um empate e oito derrotas em dez jogos do estadual, o Tricolor se afundou na lanterna nas últimas rodadas e não pode alcançar mais o Azuriz, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Essa é a terceira queda do Paraná Clube em pouco mais de um ano. Em 2021, o Tricolor caiu da Série B para a Série C no final de janeiro e para a Série D no fim do ano. O time paranista ainda vai jogar a quarta divisão nesta temporada e pode voltar para a terceira divisão. Porém, se não conseguir o acesso, vai ficar sem calendário nacional pelo menos até 2025.