Torcida do Athletico protesta em frente à Arena da Baixada no Dia de Finados: “time morto”

Redação


A paciência da torcida do Athletico com o time, que não vence há dez jogos e está afundado na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, parece ter chegado no limite. Um grupo de torcedores realizou um protesto em frente à Arena da Baixada, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (2), Dia de Finados.

Em frente ao estádio, os torcedores estenderam uma faixa com a frase “time morto e sem vergonha”. Também em tom de cobrança com o momento da equipe na temporada, outra faixa fixada na casa Rubro-Negra dizia “time morto e sem vontade”.

Dezenas de velas também foram acesas em frente ao estádio, remetendo ao Dia de Finados.

As críticas não pararam por aí. Em um vídeo publicado no Twitter, o grupo de torcedores seguiu externando seu descontentamento com o grupo athleticano – nenhum jogador ou dirigente foi citado nominalmente.

“Parabéns pelo dia de vocês, seus morto (sic), melhor estádio da América Latina. O salário tá em dia, só falta o futebol. Time sem vergonha”, disseram.

EM CRISE, ATHLETICO NÃO VENCE HÁ DEZ JOGOS

Vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, o Athletico encerrou o primeiro turno da competição com apenas 16 pontos. Ainda que tenha um jogo a menos que boa parte dos demais concorrentes, o time acumula quatro vitórias, quatro empates e dez derrotas nos 18 primeiros jogos – aproveitamento de 30%.

De acordo com o site Chance de Gol, especializado em estatísticas no esporte, a probabilidade de o Furacão ser rebaixado à Série B é de 59,8%.

No último domingo (1), o Athletico foi derrotado pelo Sport por 1 a 0, fora de casa, e ampliou o mau momento no ano: a equipe não vence há dez jogos, somados os compromissos pelo Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores.

Nesta quarta-feira (4), o Athletico encara o Flamengo no estádio Macaranã, na partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasilo time carioca venceu o jogo de ida por 1 a 0, semana passada, na Arena da Baixada.

Previous ArticleNext Article