Torcidas de Coritiba e Athletico brigam no Couto Pereira

Durante o clássico Atletiba no Couto Pereira torcedores do Coritiba e Athletico brigaram na divisória que separava as torcidas no estádio.

Jorge de Sousa - Pedro Melo - 16 de fevereiro de 2022, 21:09

Durante o clássico Athletiba no Couto Pereira disputado na noite desta quarta-feira (16), torcedores do Coritiba e Athletico brigaram na divisória que separava as torcidas no estádio.

A PMPR (Polícia Militar do Paraná) não estava presente no setor em que as torcidas foram divididas, com a segurança no local sendo feita apenas por profissionais do Coritiba.

Além das agressões entre as torcidas, diversas divisórias e grades utilizadas para separar os torcedores foram danificadas na ação dos torcedores.

O clássico chegou a ficar parado por cerca de dez minutos até que agentes da PMPR chegassem até o local e finalizassem o conflito, chegando a utilizar bombas de efeito moral para afastar os torcedores.

Vale lembrar que esse é o primeiro Athletiba realizado com a presença das duas torcidas desde abril de 2019.

Naquela ocasião, o Athletico venceu a Taça Dirceu Krüger - equivalente ao segundo turno do Campeonato Paranaense, após empatar por 1 a 1 no tempo normal e vencer o Coritiba nas penalidades por 7 a 6.

A vitória rendeu a classificação ao Athletico para a final do Paranaense naquele ano, vencida também nas penalidades frente ao Toledo.

LEIA MAIS: Paraná Clube perde do Cianorte e cai para lanterna do Paranaense