Tubarão e FPF se livram de multas por apagões

Redação


O Londrina e a Federação Paranaense de Futebol (FPF) foram absolvidos das denúncias pelos dois apagões que atingiram o Estádio do Café nas partidas da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro e Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Náutico.

Na partida contra o Cruzeiro (10 de maio), o árbitro narrou na súmula um atraso de 18 minutos no início do jogo devido a falta de energia elétrica em duas torres situadas no lado posterior das cabines de imprensa.

O mesmo problema ocorreu na partida contra o Náutico, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O reinício do jogo atrasou em 15 minutos por problemas na iluminação do estádio durante o intervalo.

Segundo a denúncia, Londrina e Federação deixaram de tomar as medidas necessárias para realização das partidas. As defesas, porém, apresentaram prova documental e de vídeo e destacaram que no primeiro jogo uma explosão no transformador gerou o apagão e no segundo um problema no gerador provocou a queda.

 

Previous ArticleNext Article