Tubarão Mugen vence a 25ª edição das 500 Milhas de Londrina

Os pilotos Mauro Kein, Paulo Souza e Tiel Andrade completaram as 263 voltas no Autódromo Ayrton Senna a bordo do protóti..

Redação - 28 de novembro de 2016, 17:01

Os pilotos Mauro Kein, Paulo Souza e Tiel Andrade completaram as 263 voltas no Autódromo Ayrton Senna a bordo do protótipo Tubarão-Mugen n° 32 em 6h35min37s125, uma volta à frente do segundo colocado das 500 Milhas de Londrina. A dupla da casa, Leandro Totti e Maicon Tumiate, ficaram em segundo lugar.

A terceira colocação ficou com o Tornado-Hayabusa n° 3 da equipe Fibralex Racing que foram líderes da prova durante boa parte da corrida após os problemas enfrentados pela Lamborghini n° 36 de Claudio Ricci, Paulo Poeta e Paulo Varassin (Mottin Racing) e também o protótipo Predador de Jair e Duda Bana (G-Stage).

Com problemas no câmbio, a Lamborghini conseguiu voltar depois de várias horas para terminar a prova, porém o protótipo Predador, o mais rápido durante todo o final de semana e pole position não teve a mesma sorte: com a quebra da suspensão traseira, Duda Bana sofreu acidente depois de 99 voltas danificando o carro e tirando a equipe em definitivo da competição, adiando por pelo menos mais um ano a possibilidade do tetracampeonato de Jair Bana na prova.

Quem também ficou de fora com apenas 8 voltas completas foi o governador do Paraná, Beto Richa: a bordo do Maserati n° 67 da equipe CRT Racing e carro teve problemas mecânicos e abandonou. Mesmo assim o governador-piloto fez questão de acompanhar a prova até o fim, prestigiando o evento de Londrina, uma das provas mais importantes do Brasil.

Na categoria I a vitória ficou com o trio paulista Emilio Padron, Fernando Fortes e Fernando Ohasi com o protótipo 1R da equipe SP Mec; com a vitória na categoria, Padron e Fortes garantiram o título Brasileiro de Endurance.

A família Pardo era só alegria ao completar a prova com vitória na categoria IV com o protótipo Aldee Coupê da equipe Semage Racing: Admir Pardo, o patriarca da família junta-se à Ciro Moreira e João Finardo como os maiores vencedores da prova nas categorias, alcançando à 6ª vitória – sempre com o mesmo carro.

Depois de quebrar o câmbio na volta de apresentação, João Weiller e José Carvalho retornaram bravamente à pista e levaram a Puma Audi Turbo n° 107 da Weiller Motorsport à vitória na categoria V. Vitória dupla nas categorias VI e VII, com o time gaúcho comandado por Edson Bueno, Luiz Sena Jr. e Daniel Martin Elias vencendo em ambas com o VW Gol n° 177. Na categoria Marcas (VIII), o trio Marcio Imagava, Lucas Inoue e Marcos Romera (Magal Racing) venceu com o VW Gol n° 98, chegando à frente de Roberto Bau e Rodrigo Kostin com o VW Gol n° 95.