‘Vai ou racha’: Paraná Clube goleia o Cascavel CR e se redime com a torcida

Francielly Azevedo

Após uma semana difícil com duas derrotas amargas e cobrança direta da torcida, o Paraná Clube se redimiu, neste domingo (24), ao golear o Cascavel CR, por 4 a 1, na Vila Capanema, pela quarta rodada da Taça Dirceu Krüger, válida pelo segundo turno do estadual.

Com o peso nos ombros, diante de um público enxuto com pouco mais de 1.600 pessoas, o Tricolor entrou em campo pressionado pela situação no estadual. No estilo “ou vai, ou racha”, a equipe paranista tratou de agir e espantar o fantasma da desconfiança da Vila Capanema.

Com o placar, o Tricolor soma seis pontos na terceira posição do Grupo B. Atrás de Coritiba e Rio Branco, ambos com sete pontos. O Cascavel CR também tem seis pontos, na quarta colocação do mesmo grupo.

O JOGO


Foi relâmpago, logo a um minuto de jogo o Paraná Clube abriu o placar. Na cobrança de falta, Higor Leite bateu direto e o goleiro Marcos Paulo espalmou. No rebote, Jenison completou para o fundo do gol.

O Tricolor seguiu em ritmo acelerado. Aos 10, quase ampliou com Higor Leite, mas Marcos Paulo espalmou para escanteio. Na jogada seguinte, Jeferson chegou com perigo.

Depois do bombardeio, o Cascavel CR buscou equilibrar a partida e fechou os espaços para os donos da casa, mas não foi criativo o suficiente para conseguir chegar ao gol.

Na volta do intervalo, o Paraná retomou a postura ofensiva. Aos três, Jenison quase ampliou. Só que o gol sairia somente sete minutos depois. Aos 10, Éder Sciola cruzou na área, Vitor Carvalho cortou mal e a bola ficou com Alesson. O jogador dominou e bateu forte no ângulo para fazer 2 a 0.

A equipe paranista continuou arriscando, queria mais gols e conseguiu aos 23. Depois da cobrança de escanteio, Eduardo Bauermann ganhou a dividida com Castro e a bola morreu no fundo das redes.

O que já estava bom, ficou ainda melhor aos 32. Castro cometeu pênalti em Alesson. Jenisson foi para cobrança, Marcos Paulo espalmou, mas o próprio camisa 9 pegou o rebote e carimbou a goleada.

Já no finzinho da partida, aos 39, o Cascavel CR descontou com Rafael Batatinha. O jogador aproveitou a bobeira da zaga paranista e, livre, fez o gol de honra dos visitantes.

Post anteriorPróximo post
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.