Vasco e Goiás empatam e perdem chance de brigar por Libertadores

Jorge de Sousa

Vasco - Goiás - Campeonato Brasileiro - Guarín

Em duelo equilibrado, o Goiás buscou empate no último lance em 1 a 1 contra o Vasco, na noite desta segunda-feira (18), e ambos perderam chance de se aproximar da briga por vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América.

O duelo válido pela 33ª rodada foi realizado em São Januário, no Rio de Janeiro.

Guarín marcou o gol do Vasco, enquanto Oswaldo Henríquez (contra) empatou para o Goiás.

O empate deixa o Vasco na nona posição com 44 pontos, sua melhor colocação nesta edição do Brasileiro. A equipe ficou a seis pontos atrás do Internacional, última equipe classificada para a Libertadores neste momento.

Vale lembrar que o Vasco tem um jogo a mais que as demais equipes, por já ter atuado pela 34ª rodada.

Já o Goiás sobe na 11ª posição com 43 pontos e precisa de mais três pontos para garantir a permanência na primeira divisão do Brasileiro.

PRÓXIMOS JOGOS

O Goiás volta a campo no próximo domingo (24), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe recebe o Bahia no Serra Dourada, às 16h.

Já o Vasco volta a campo apenas no dia 28 (quinta-feira), quando viaja para encarar o São Paulo no Morumbi às 20h30.

O JOGO

Logo no segundo minuto da partida, o Goiás quase abriu o placar. Rafael Moura avançou pela esquerda e cruzou rasteiro no primeiro poste. Leandro Barcia ganhou da marcação e finalizou de primeira para bela defesa de Fernando Miguel.

O Goiás quase conseguiu abrir o placar com um gol olímpico aos dez minutos. Thlles bateu escanteio fechado da direita e Fernando Miguel teve que se jogar para evitar o gol.

Fernando Miguel apareceu bem novamente aos 11 minutos. Thalles cobrou escanteio no primeiro poste e Gilberto escorou no canto esquerdo para outra grande intervenção do goleiro..

O goleiro vascaíno seguiu salvando a equipe. Aos 12 minutos, Leandro Barcia foi lançado e Fernando Miguel saiu do gol e se antecipou ao atacante.

A bola parada do Goiás seguiu perigosa e aos 18 minutos a equipe criou nova chance. Rafael Vaz arriscou falta da intermediária e Fernando Miguel se esticou para mandar para escanteio.

O Vasco conseguiu responder apenas aos 31 minutos. Rossi lançou Cáceres na direita e o lateral cruzou rasteiro para Guarín. O volante pegou de primeira e mandou longe do gol.

Nova chance do Goiás aos 32 minutos. Rafinha recebeu na esquerda, puxou para dentro e bateu com efeito no travessão.

Mas quem marcou primeiro aos 34 minutos foi o Vasco. Após dividida pelo alto, a bola sobrou para Guarín e o volante chutou cruzado, a bola bateu na trave e entrou no gol.

A primeira chance do segundo tempo foi do Vasco aos cinco minutos. Após cruzamento de Cáceres, Marrony furou e a bola sobrou limpa para Guarín pegar de primeira. A bola passou raspando o poste esquerdo.

Novamente Guarín apareceu bem no ataque do Vasco aos 16 minutos. Cáceres cruzou na medida para o volante que bateu firme para bela defesa de Tadeu.

O Goiás chegou a ter um gol anulado com o auxílio do VAR aos 24 minutos. Após bola dividida pelo alto, Rafael Moura e Guarín dividiram e a bola sobrou para Fábio Sanches mandar para o gol. Após consulta ao árbitro de vídeo, foi assinalada falta do atacante do Goiás em cima do volante do Vasco.

O Vasco ainda teve a chance de ampliar o marcador aos 48 minutos. Raul cruzou na medida para Marrony e o atacante pegou de primeira. A bola passou raspando o travessão.

Mas o Goiás não desistiu e conseguiu buscar o empate aos 51 minutos. Após escanteio, Tadeu tentou a finalização de voleio e furou, só que Richard errou o desarme e mandou a bola para o alto. Rafael Moura escorou e Oswaldo Henríquez escorou para a própria meta.

Previous ArticleNext Article