Verstappen faz a festa da torcida e garante pole no GP da Holanda

Folhapress

Verstappen pole Fórmula 1

No retorno da Fórmula 1 ao circuito de Zandvoort, a festa holandesa foi completa. Afinal, Max Verstappen, da Red Bull, foi o mais rápido no treino classificatório, neste sábado (4), e vai largar na frente no Grande Prêmio da Holanda, neste domingo (5).

Correndo em casa, o Verstappen registrou o tempo de 1min08s885, mas não terá vida fácil, já que Sergio Pérez decepcionou, sendo eliminado logo no Q1, e as duas Mercedes virão logo atrás no grid, com Lewis Hamilton largando em segundo e Valteri Bottas na terceira posição.

Com apenas três pontos de vantagem para Hamilton no Mundial de Pilotos, uma vitória de Verstappen pode deixar o final de semana holandês ainda mais festivo.

No Q1 os dois melhores tempos foram da Ferrari, com Chales Leclerc marcando 1min09s829 e Carlos Sainz aparecendo na sequência, 0s193 atrás.

A grande surpresa veio na parte de trás, com a eliminação de Sergio Pérez, que ficou com o 16º tempo e não poderá ajudar Verstappen na corrida. Foi a primeira vez desde o GP da Rússia de 2019 que uma Red Bull não avançou ao Q2.

Vettel foi outro que ficou pelo caminho, mas pode culpar Nikita Mazepin e Mick Schumacher, que atrapalharam sua última volta rápida e podem sofrer punições. Além dos carros da Haas, Kubica foi o outro eliminado da primeira parte da sessão.

O Q2 foi mais longo do que deveria pois acabou interrompido uma vez por culpa de George Russell, que perdeu a traseira na entrada da última curva, saiu da pista e deu uma leve batida na barreira de pneus. O piloto da Williams, contudo, conseguiu voltar para a pista e voltar para os boxes, ganhando um tempo para fazer uma última tentativa.

Os últimos quatro minutos da sessão foram atrasados em cerca de dez minutos e, na volta, foi Nicholas Latifi quem acabou encontrando o muro. A pancada foi forte, mas o piloto da Williams rapidamente usou o rápido para comunicar que estava bem.

A bandeira vermelha foi mais uma vez acionada, mas dessa vez com o relógio já zerado. Verstappen terminou a sessão com o tempo mais rápido de 1min09s071, enquanto George Russell, Lance Stroll, Lando Norris, Latifi e Yuki Tsonuda ficaram pelo caminho.

Depois de mais uma longa espera (cerca de 15 minutos para o conserto da barreira na curva 7), a parte final do treino começou com festa holandesa, já que Verstappen logo foi para a pista e registrou o melhor tempo, seguido por Bottas e Hamilton.

Depois das primeiras tentativas, todos entraram em compasso de espera, deixando o relógio correr para tentarem a última boa volta nos últimos segundos de treino. Mas a festa holandesa, com muita fumaça laranja, foi garantida com a Red Bull sendo ainda mais rápida do que antes.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="787943" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]