Villarreal busca empate e elimina Bayern na Champions League

O Villarreal buscou empate em 1 a 1 contra o Bayern de Munique na tarde desta terça-feira (12) e avançou para as semifinais da Champions League.

Jorge de Sousa - 12 de abril de 2022, 17:59

Reprodução/Twitter Villareal C.F.
Reprodução/Twitter Villareal C.F.

O Villarreal buscou empate em 1 a 1 contra o Bayern de Munique na tarde desta terça-feira (12) e avançou para as semifinais da Champions League.

Lewandowski abriu o placar para o Bayern, mas Chukwueze empatou o duelo no final para dar a vaga ao Villarreal.

Por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, o Villarreal avança para as semifinais da Champions League com placar agregado de 2 a 1.

Essa é a segunda vez na história que o Villarreal chega nas semifinais da competição, tendo sido derrotado pelo Arsenal na edição 2005-2006 da Champions League.

Nas semifinais dessa edição, o Villarreal irá enfrentar o vencedor do duelo entre Liverpool e Benfica. No jogo de ida em Lisboa, a equipe inglesa venceu por 3 a 1.

BAYERN NÃO MATA JOGO E VILLARREAL BUSCA CLASSIFICAÇÃO NO FINAL

Como esperado, o Bayern de Munique foi para cima do Villarreal logo nos primeiros minutos, mas a primeira finalização saiu apenas aos 20 minutos. Musiala fez jogada individual pela esquerda e finalizou perto do poste direito.

Musiala apareceu novamente aos 29 minutos. Sané cruzou da direita e o meia apareceu livre para cabecear no meio da área, mas Rulli fez boa defesa no centro do gol.

O Villareal reclamou de um possível cartão vermelho para Lewandowski aos 36 minutos. O centroavante chegou para dividir com Albiol na área e acertou o pé na sola da chuteira do zagueiro. O árbitro Slavko Vinčić chamou os dois jogadores para conversar e mandou o jogo seguir.

Só que o Villareal assustou no contra-ataque aos 47 minutos. Coquelín cruzou da direita e Moreno finalizou na rede pelo lado de fora.

A pressão do Bayern seguiu na segunda etapa. Logo no primeiro minuto, Musiala aproveitou sobra na área e dividiu com Rulli, que tocou na bola e desarmou o meia.

Nova chance do Bayern aos cinco minutos. Kimmich bateu escanteio da esquerda, a zaga do Villarreal não cortou e Sané rolou para Upamecano finalizar por cima da meta.

Aos seis minutos a pressão do Bayern resultou em gol. Parejo errou na saída de bola, Coman recuperou a posse e tocou para Müller. O atacante serviu Lewandowski na entrada da área e o centroavante finalizou rasteiro, a bola tocou no poste direito e entrou no gol.

A blitz do Bayern continuou e Müller perdeu grande chance para marcar aos dez minutos. Goretzka cruzou rasteiro da direita e o meia-atacante finalizou por cima da meta.

Theo Hernández tentou a finalização de média distância aos 28 minutos. O zagueiro aproveitou sobra na entrada da área, mas o chute passou rente ao travessão.

Müller voltou a perder chance incrível aos 26 minutos. Sané cruzou da direita e o meia-atacante apareceu livre na área, mas cabeceou a direita da meta.

Coman criou oportunidade para marcar aos 30 minutos. O atacante recebeu na esquerda, puxou para o meio e finalizou rente ao travessão.

O Villarreal voltou a arriscar aos 36 minutos. Danjuma recebeu na entrada da área, limpou Upamecano e finalizou cruzado, mas a esquerda da meta.

No contra-ataque, o Villarreal buscou o empate aos 42 minutos. Parejo lançou Lo Celso pela faixa central e o meia encontrou Moreno na direita. O atacante cruzou rasteiro e Chukwueze completou na pequena área. Neuer ainda tocou na bola, mas não evitou o gol.

BAYERN DE MUNIQUE 1 X 1 VILLAREAL

Local: Allianz Arena, Munique

Árbitro: Slavko Vinčić (FIFA-EVN)

Assistentes: Tomaž Klančnik (FIFA-EVN) e Andraž Kovačič (FIFA-EVN)

BAYERN DE MUNIQUE

Neuer, Pavard, Upamecano e Theo Hernández; Kimmich, Goreztka, Sané, Müller (Choupo-Moting), Musiala (Gnabry) e Coman; Lewandoswki. T.: Julian Nagelsmann.

VILLAREAL

Rulli, Foyth, Albiol, Pau Torres e Estupiñan; Capoué, Parejo (Aurier), Lo Celso e Coquelín (Chukwueze); Gerard Moreno e Danjuma (Pedraza). T.: Unai Emery.

Gols: Lewandowski (6 minutos/2ºT) e Chukwueze (42 minutos/2ºT)

Cartões amarelos: Lewandoswki (BAY); Foyth e Lo Celso (VIL)

LEIA MAIS: Athletico descarta Sylvinho e negocia com Fábio Carille