câmara dos deputados
Compartilhar

Vítima do acidente com a Chape ganha processo contra o Coritiba

A 18ª Vara de Trabalho de Curitiba determinou que o Coxa indenize a família do volante Sérgio Manoel em aproximadamente ..

Francielly Azevedo - 14 de setembro de 2017, 11:23

A 18ª Vara de Trabalho de Curitiba determinou que o Coxa indenize a família do volante Sérgio Manoel em aproximadamente R$ 630 mil. O jogador foi uma das 71 vítimas do acidente com o avião da Chapecoense, no fim de novembro de 2016. Ele havia movido um processo contra o Coritiba em agosto de 2016, mas morreu antes da data da primeira audiência. Como a sentença é em primeira instância, o clube pode recorrer da decisão.

O alviverde foi condenado a pagar uma indenização de cerca de R$ 400 mil, além de honorários no valor de R$ 70 mil. O montante atualizado é de aproximadamente R$ 630 mil.

A ação tratava da cobrança do seguro que Sérgio Manoel pagou R$ 25 mil para realizar duas cirurgias no joelho esquerdo, além da garantia de estabilidade provisória, que é a obrigação de prorrogar o contrato por 12 meses (incluindo salário, férias, 13º salário e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS).

Mesmo tendo comprovado o contrato do seguro, o Coritiba foi condenado a ressarcir o valor das despesas médicas, além de pagar indenização pelo período de estabilidade. O juiz responsável pelo caso entendeu que o clube deveria ter ampliado o vínculo com o atleta em um ano, em função do processo de recuperação da cirurgia.

O Coxa também foi condenado ao pagamento de 15% de honorários.

Na audiência, o volante foi representado pela mãe, Solange Barbosa dos Santos, que é beneficiária da ação.

Passagem pelo Coritiba

No alviverde paranaense, Sérgio Manoel atuou em 35 jogos e conquistou o título do Campeonato Paranaense em 2013.