Série B: Operário empata com o Vitória fora de casa

Redação

operário vitória série b

Fora de casa, o Operário empatou com o Vitória por 1 a 1 neste domingo (3), pela 32ª rodada da Série B.

Vico colocou os donos da casa em vantagem logo aos dois minutos e Ricardo Bueno igualou tudo para definir o marcador no confronto realizado no Barradão, em Salvador. O placar foi o mesmo da partida entre as equipes no primeiro turno.

Com o resultado, o Fantasma chega ao segundo jogo sem perder e aparece no 11° lugar da Segundona com 42 pontos. Já o Vitória vive um drama com a possibilidade de entrar na zona de rebaixamento nesta rodada. Com 37 pontos, o Leão está na 15ª posição e por isso torce contra a vitória do Náutico contra o Confiança nesta segunda-feira (4), às 20h, no Sergipe.

O que desanima o Vitória é o momento das duas equipes. O Timbu chega embalado com duas vitórias enquanto os sergipanos acumulam cinco derrotas nas últimas rodadas.  O outro jogo que completa a rodada amanhã é o duelo entre Paraná Clube e Botafogo-SP, às 17h, na Vila Capanema.

O Operário se prepara agora para enfrentar o lanterna Oeste. A partida está marcada para a próxima sexta-feira (8), às 19h15, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. Do outro lado, o Vitória volta a campo contra o América-MG no sábado (9), às 19h, na Arena Independência.

OPERÁRIO TOMA GOL COM DOIS MINUTOS, MAS REAGE E CONQUISTA O EMPATE

A primeira parte da etapa inicial foi bastante agitada. Em cobrança de falta, o Vitória abriu o placar logo aos dois minutos. O atacante Vico bateu colocado, com o pé esquerdo, e anotou um belo gol.

Apesar da desvantagem, o Operário não desabou e chegou ao empate quatro minutos mais tarde, também em bola parada. Marcelo lançou a bola na área e Ricardo Bueno, com liberdade, testou firme para balançar as redes. Foi o quinto gol do camisa 9 com a camisa do Fantasma.

Apesar da empolgação inicial, os times só tiveram outras duas chances com certo perigo. Thiago Lopes recebeu de Fernando Neto e bateu rente à trave enquanto Reniê arriscou de longe, mas a bola foi nas mãos de César.

No segundo tempo, o Vitória assustou primeiro com um arremate de Léo Ceará defendido pelo goleiro Martín Rodríguez. A resposta dos paranaenses veio com Douglas Coutinho, que soltou uma pancada e carimbou o travessão. Aos 35 minutos, uma discussão entre o zagueiro Wallace e o lateral-direito Bocão mostrou o nervosismo do Vitória com o momento vivido na Série B. Apesar da vontade das duas equipes, faltou inspiração e o jogo terminou sem vencedor.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="737181" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]