Vitória fura invencibilidade do líder Corinthians

Narley Resende


Com casa cheia, o líder Corinthians deixou de ampliar sua vantagem da Tabela do Brasileirão sobre o Grêmio, segundo colocado, e perdeu para o Vitória, por 1 a 0, na tarde deste sábado (19), no Itaquerão.

Mesmo com a melhor campanha e média de público do Brasileiro, com mais de 37 mil pessoas por jogo, a pausa de duas semanas da equipe pode ter esfriado a sequência vitoriosa. Na temporada, o Timão tinha 34 partidas seguidas sem derrotas, ao todo.

O alvinegro deixou escapar a invencibilidade aos 11 minutos do primeiro tempo, quando Tréllez pela direita abriu o placar para o Leão.

Em 20 jogos na competição, o Corinthians soma 47 pontos, com 14 vitórias, cinco empates, e, agora, a primeira derrota. O Grêmio joga neste domingo, mas ainda com oito pontos atrás do Corinthians, por enquanto, não oferece risco de tomar a liderança.

Agora, o Corinthians pega Chapecoense, quarta-feira, em Santa Catarina, e Atlético-GO, no outro sábado, em Itaquera, antes de uma nova pausa no Brasileirão para jogos das Eliminatórias para a Copa de 2018.

O Timão tem uma partida a menos que os rivais – a partida contra a Chapecoense foi adiada porque o clube catarinense estava no Japão para disputar a Copa Suruga.

O Vitória, que permanece na Zona do Rebaixamento, em 18º, com 21 pontos, enfrenta o Coritiba no Couto Pereira daqui a nove dias, na segunda-feira, dia 28.

Veja a classificação do Brasileirão 

O jogo

Pressionado o jogo todo, o Vitória manteve o placar conquistado aos 11 minutos do primeiro tempo. Em contra-ataque, Neilton abriu para Tréllez na direita, o colombiano chutou, a bola desviou nas pernas de Guilherme Arana, que impediu que o goleiro Cássio de defendesse.

Atrás no placar, o Corinthians pressionou o Vitória por mais de 75 minutos, mas parou na boa atuação do goleiro Fernando Miguel.

Ficha técnica

Data: 19 de agosto de 2017, sábado Horário: 16h (de Brasília)

Competição: Campeonato Brasileiro (21ª rodada)

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Público: 42.075 pagantes

Renda: R$ 2.580.574,90

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO) Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO)

Cartões amarelos: Balbuena (Corinthians); Ramon (Vitória).

Gol: Tréllez, aos 11 minutos do primeiro tempo.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena (Jadson), Pedro Henrique e Guilherme Arana (Moisés); Gabriel e Maycon; Clayson, Rodriguinho e Romero (Marquinhos Gabriel); Jô. Técnico: Fábio Carille

VITÓRIA: Fernando Miguel; Caique Sá, Wallace, Kanu e Juninho; Ramon, Uillian Correia e Yago (Filipe Soutto); Neilton (Carlos Eduardo), David (Patric) e Tréllez. Técnico: Vagner Mancini

 

 

Previous ArticleNext Article