Copa do Brasil: Vitória passa tranquilo, Ponte, nos pênaltis

Roger Pereira



Com Neilton inspirado, o Vitória reverteu a desvantagem da derrota por 1 a 0 na partida de ida e eliminou o Bragantino da Copa do Brasil, nesta quinta-feira, após vencer a equipe paulista por 3 a 0, com três gols do camisa 10.

O jogo até começou equilibrado, com o Vitória tentanto impor o jogo, mas o Bragantino bastante aplicado na defesa. Até que, aos 20 minutos, Guilherme Mattis fez uma lambança e deu o primeiro gol para o Vitória. Em uma falta para o Bragantino no campo de defesa, o zagueiro foi deixar a cobrança para o goleiro, mas acabou rolando a bola para trás de calcanhar, a colocando em jogo. Neilton percebeu, roubou a bola invadiu a área e fez o gol.

Na segunda etapa, Neilton aproveitou outra falha defensiva do Bragantino para fazer o segundo gol. Aos 18 minutos, em bola cruzada na área, o goleiro Alex Alves trombou com Guilherme Mattis e soltou a bola, a zaga do Bragantino afastou mal, até a bola sobrar para o atacante baiano.

E a noite não era mesmo de Guilherme Mattis. Aos 27 minutos, em bola cruzada na área, o zagueiro ia salvar em cima da linha a cabeçada de Luan, mas, ao cortar o lance, acertou uma bolada em Neilton e ela foi direto para o gol. 3 a 0 para o Vitória, garantido na quarta fase da Copa do Brasil.

Outros jogos

O confronto entre Ponte Preta e Sampaio Corrêa não foi dos mais empolgantes, mas não deixou de ser emocionante. Depois de 180 minutos sem gols (0 a 0 em Campinas e em São Luís), a Ponte garantiu a vaga nos Pênaltis, depois que Ivan defendeu a quarta cobrança da equipe maranhense, do atacante Fernando Sobral.

Outra equipe que também garantiu presença na quarta fase foi o Ferroviário-CE. Depois de empatar em casa em 1 a 1 com o Vila Nova, a equipe cearense surpreendeu fora de casa e venceu por 1 a 0 com gol de Janeude em cobrança de falta.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal