Vôlei: Brasil consegue virada memorável e bate a Argentina nas Olimpíadas

Pedro Melo

seleção brasileira brasil argentina virada vôlei masculino olimpíadas tóquio

A seleção brasileira masculina de vôlei conseguiu uma das maiores vitórias das Olimpíadas de Tóquio. Após perder os dois primeiros sets, o Brasil virou o clássico com a Argentina e venceu por 3 sets a 2, parciais de 19-25, 21-25, 25-16, 25-21 e 16-14.

O Brasil teve um início ruim de partida e viu a Argentina abrir dois sets de vantagem. O início da reação veio com a vitória na terceira parcial, mas os argentinos ficaram muito próximos de fechar a partida. No quarto set, a vantagem do adversário era de seis pontos no 17 a 11.

Porém, a seleção brasileira provou porque é uma das melhores do mundo e virou o jogo praticamente perdido. O Brasil marcou 14 dos últimos 18 pontos do quarto set e empatou a partida. No tie-break, o equilíbrio tomou conta, mas o levantador Bruninho tinha diversas opções que assumiram a responsabilidade de garantir a vitória: Lucarelli, Wallace, Leal e Alan. Todos foram essenciais para a grande virada, que terminou com erro argentino.

Com a vitória no tie-break, a seleção brasileira conquistou apenas dois pontos e subiu para cinco. A liderança da chave é do Comitê Olímpico Russo, que ganhou os dois jogos por 3 sets a 0 e soma seis pontos.

O time russo é justamente o próximo adversário do Brasil, na quarta-feira (28), às 9h45 (horário de Brasília)

REGULAMENTO DO VÔLEI NAS OLIMPÍADAS DE TÓQUIO

As 12 seleções são divididas em dois grupos de seis e as quatro melhores avançam para as quartas de final. Apenas os dois piores de cada chave são eliminados.

  • Grupo A: Brasil, Coreia do Sul, Sérvia, Japão, Quênia e República Dominicana
  • Grupo B: Estados Unidos, China, Turquia, Argentina, Itália e Comitê Olímpico Russo

Nas quartas de final, os classificados de um grupo encaram os sobreviventes do outro grupo. Os quatro semifinalistas disputam três medalhas, já que há disputa pelo terceiro lugar entre os derrotados.

Confira toda a tabela já detalhada com os jogos da seleção brasileira:

  • Brasil x Comitê Olímpico Russo: quarta-feira (28 de julho), às 9h45.
  • Brasil x Estados Unidos: quinta-feira (29 de julho), às 23h05.
  • Brasil x França: no sábado (31 de julho), às 23h05.
  • Quartas de final: 2 e 3 de agosto
  • Semifinais: 5 de agosto
  • Disputa pelo 3º lugar: 7 de agosto
  • Final: 7 de agosto

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="778230" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]