Washington Redskins mudará nome e escudo após pressão antirracista

Folhapress

washington redskins, futebol americano, pressão antiracista, nome, escudo

O Washington Redskins, equipe da NFL, confirmou nesta segunda-feira (13) que a franquia mudará de nome e escudo.

A decisão acontece após um longo debate sobre a carga racial de seus símbolos, motivado pelos protestos que acontecem nos Estados Unidos desde o assassinato de George Floyd por um policial branco, em maio deste ano.

Grupos de defesa dos nativos americanos consideram o nome da equipe uma ofensa de cunho racista a esses grupos.
Patrocinadores do Redskins também pressionaram a franquia para que repensasse sua marca como um todo. Além do nome, o escudo do time é um índio de pele vermelha e será reformulado.

Proprietário da equipe, Dan Snyder havia afirmado inicialmente que a franquia não passaria por essas mudanças. Sua postura mudou logo após a FedEx Corp, empresa que detém os naming rights de seu estádio, pedir para que o Redskins fosse renomeado.

“Hoje [segunda-feira, 13], estamos anunciando que aposentaremos o nome e o escudo do Redskins após revisão. Dan Snyder e o técnico Rivera estão trabalhando para desenvolver um nome e um design que irão realçar a orgulhosa e rica tradição de nossa franquia e que irá inspirar nossos patrocinadores, fãs e a comunidade pelos próximos cem anos”, disse o Washington Redskins em comunicado.

Previous ArticleNext Article