Wilson veste camisa 46 em homenagem ao goleiro Jairo

Francielly Azevedo e Fernando Garcel

O Coritiba prestou homenagens ao ex-goleiro Jairo Nascimento, que morreu na última quarta-feira (6), vítima de um câncer raro nos rins, aos 72 anos. Na partida deste domingo (10), contra o Operário Ferroviário, o goleiro Wilson não vestiu a camisa 1, mas sim a 46, que Jairo costumava usar quando atuava.

Além do arqueiro, os demais atletas usaram camisas com frases lembrando as conquistas de Jairo com a camisa alviverde.

Conhecido como “Pantera Negra”, Jairo é o atleta que mais vestiu a camisa do Coritiba, com 410 partidas nas décadas de 1970 e 1980. No clube alviverde, ele conquistou seis campeonatos estaduais, o Torneio do Povo, em 1973, e o Brasileiro de 1985.


O catarinense de Joinville foi revelado pelo Caxias e passou pelo Fluminense antes de se consagrar pelo alviverde paranaense. Ele também fez história no Corinthians, com dois títulos paulistas (1977 e 1979) e uma invencibilidade que durou mais de 12 jogos consecutivos (1.132 minutos), um recorde na história do Campeonato Brasileiro.

Em 2015, a história de Jairo Nascimento valeu um livro, a biografia Jairo — A Muralha Negra do Clube Coxa-Branca, do jornalista Guilherme Mattar.

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook