Zagueiro que deu “migué” na Copinha tem julgamento adiado

Redação


O zagueiro Heltton, responsável pela eliminação do Paulista na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, após ter sido flagrado utilizando documentos falsos para diminuir a idade e poder competir, teve seu julgamento adiado pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP), para a próxima segunda-feira (13). Por causa desse “migué” o zagueiro provocou o banimento do Paulista por cinco anos da competição.

Heltton Rodrigues teve seu registro baseado em um nome e perfis falsos. Ele foi registrado como Brendon, rapaz com três anos a menos (22 contra 19) e que cumpre pena em um presídio fluminense por tráfico de drogas. O atleta chegou a ser contratado pelo Audax para o restante da temporada.

O julgamento deveria ter acontecido na segunda (6), mas o TJD aceitou pedido de adiamento do advogado do jogador. Heltton foi denunciado no artigo 234 por ter utilizado documentos adulterados e sua pena pode gerar uam suspensão que varia de 180 a 720 dias, além de multa.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="413134" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]